Tudo Bahia
Portal de Notícias

Bolsa Presença: Governo da Bahia realiza quarto crédito do programa

O Bolsa Presença deve alcançar 311 mil famílias, o que representa um investimento de R$ 280 milhões com recursos do governo do estado da Bahia.

O governo do estado da Bahia vai realizar o quarto crédito do Programa Bolsa Presença nesta terça-feira (10/08). O programa tem como objetivo beneficiar as famílias de estudantes da rede estadual de ensino, que estão em situação de vulnerabilidade socioeconômica e inscritas no cadastro do CadÚnico.

O benefício pago é de R$ 150 por mês. O Bolsa Presença deve alcançar 311 mil famílias, o que representa um investimento de R$ 280 milhões com recursos do governo do estado da Bahia.

Bolsa Presença: quem tem direito?

Para receber o Bolsa Presença, é necessário comprovar a assiduidade do aluno às aulas, sejam elas remotas, hibridas ou presenciais. Além disso, deve preencher outros requisitos:

  • Participação dos alunos nas avaliações de aprendizagem junto à respectiva unidade escolar, com objetivo de garantir o acompanhamento pedagógico;
  • Manter os dados cadastrais atualizados junto à unidade escolar, e de sua família no Cadastro Único.

De acordo com o secretário da Educação do Estado da Bahia, Jerônimo Rodrigues, o programa assistencial faz parte do projeto “Programa Estado Solidário”, que visa garantir a permanência dos alunos na escola e de estreitar a relação com as famílias.

“A escola é um espaço de educação e não há educação sem acolhimento. Por isso, podemos dizer que o Bolsa Presença é, sobretudo, uma iniciativa de cuidado e de zelo do Governo da Bahia com os estudantes e suas famílias. É uma política pública que dialoga diretamente com a família, no enfrentamento da vulnerabilidade socioeconômica”, garantiu o responsável pela pasta.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais