Tudo Bahia
Portal de Notícias

Carteira Digital de Trânsito: saiba como gerar o documento no app

Nem todos os motoristas podem acessar a versão digital. Isso porque é necessário que o documento tenha o código de QR Code na sua versão impressa.

A versão digital da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), através do aplicativo, garante que o motorista possa apresentar o documento sem precisar estar com a versão impressa. De acordo com a lei, o motorista que for parado em uma blitz pode apresentar a versão digital da carteira e não será multado por isso.

Entretanto, nem todos os motoristas podem acessar a versão digital. Isso porque é necessário que o documento tenha o código de QR Code na sua versão impressa. Na CNH digital, consta a foto, o número de registro, validade e categoria do documento do motorista.

Em 2017, o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) criou a versão digital da CNH para que o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) tivesse todos os dados da carteira física em um formato online. A garantia da autenticidade, através de assinaturas e certificados digitais, ocorre por meio da tecnologia de QR Code.

Desde 2017, os motoristas que estão renovando a CNH (ou tiraram pela primeira vez o documento) já estão recebendo o documento com o QR Code. É importante lembrar que, no aplicativo a Carteira Digital de Trânsito, também será possível baixar os dados do veículo.

Como baixar o aplicativo da CNH?

O motorista pode baixar, no celular, o aplicativo da Carteira Digital de Trânsito. A plataforma está disponível tanto para o sistema Android (Google Play) quanto para o iOS (App Store). O app é gratuito e, para utilizar, é preciso fazer o login único do “gov.br”, sendo o mesmo usado para os serviços de aplicativo como o FGTS e do Meu INSS.

O app vai pedir que o motorista tire uma foto para que possa ser feita a leitura facial comparativa com o documento emitido pelo Detran. Também será feita a confirmação do QR Code e do CEP que foi informado ao fazer a CNH.

Já em relação ao documento do veículo na versão digital, o motorista vai precisar informar o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam), que pode ser encontrado na versão impressa. Também será preciso informar o número de segurança CRV, o antigo Documento Único de Transferência (DUT).

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais