Tudo Bahia
Portal de Notícias

Auxílio Gás: veja quando o calendário de repasses será retomado

Auxílio Gás, benefício social do Governo Federal, terá nova rodada de pagamentos em junho. Confira quem poderá receber o dinheiro.

O Auxílio Gás é um benefício pago pelo Governo Federal, sendo destinado às pessoas de baixa renda para poderem adquirir gás de cozinha mesmo com a alta nos preços. Esse benefício possui cerca de 5,4 milhões de inscritos, segundo dados do governo. O calendário dos próximos saques do Auxílio Gás já está disponível.

O valor pago pelo programa varia conforme um levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Assim, o Auxílio Gás repassa 50% do valor da média nacional do preço do botijão de gás de cozinha de 13 kg.

Auxílio Gás: calendário completo do próximo pagamento

O dígito final do Número de Inscrição Social (NIS) é utilizado para organizar os grupos de beneficiários. Sendo assim, o próximo pagamento, no mês de junho, será realizado da seguinte maneira:

  • Quem possui NIS com final 1: 17 de junho de 2022;
  • Quem possui NIS com final 2: 20 de junho de 2022;
  • Quem possui NIS com final 3: 21 de junho de 2022;
  • Quem possui NIS com final 4: 22 de junho de 2022;
  • Quem possui NIS com final 5: 23 de junho de 2022;
  • Quem possui NIS com final 6: 24 de junho de 2022;
  • Quem possui NIS com final 7: 27 de junho de 2022;
  • Quem possui NIS com final 8: 28 de junho de 2022;
  • Quem possui NIS com final 9: 29 de junho de 2022;
  • Quem possui NIS com final 0: 30 de junho de 2022.

É possível fazer a consulta dos próximos pagamentos por meio do aplicativo do Auxílio Brasil (Android e iOS) ou do Caixa Tem (Android e iOS). Além disso, há opção de ligar para o número 111 da Caixa Econômica Federal, e 121 do Ministério da Cidadania.

Quem recebe o Auxílio Gás?

O Auxílio Gás realiza pagamentos para famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica. A inscrição no programa é automática, realizada pelo Ministério da Cidadania. Para receber o dinheiro, é preciso que a família atenda um dos seguintes requisitos:

  • Famílias inscritas no CadÚnico, desde que possuam renda de até meio salário mínimo por pessoa;
  • Famílias que tenham em sua composição algum membro que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Mulheres que foram vítimas de violência doméstica, e são acompanhadas pelo monitoramento de medidas protetivas, possuem prioridade na hora de receber os pagamentos.

É importante destacar que, em razão de verba limitada para o programa, atender os requisitos não garante recebimento do Auxílio Gás.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais