Tudo Bahia
Portal de Notícias

5 fatos que você não conhecia sobre o universo da mitologia grega

A mitologia grega desenvolveu os seres através de heróis, ninfas, sereias, centauros, sátiros e górgonas.

A mitologia grega está presente em nossas vidas através de diversas situações, seja por meio de filmes, literatura e construções de ditados populares. Ela conseguiu ultrapassar os milênios e chegar até os dias atuais. Nós conhecemos alguns aspectos da mitologia desenvolvida pelos povos gregos, mas existem alguns fatos que poucos conhecem e que merecem ser destacados.

Desde a formação dos deuses até os Jogos Olímpicos, tudo tem um sentido e uma explicação neste vasto universo. Antes de tudo, é importante entender que a mitologia grega desenvolveu os seres através de heróis, ninfas, sereias, centauros, sátiros e górgonas. Cada um possui uma característica peculiar que os tornam únicos.

Antes dos deuses

Geralmente, a gente vê a mitologia grega a partir do surgimento dos deuses que formavam o Olimpo e tinham como superior a figura chamada de Zeus. Porém, na mesma mitologia, acreditava-se que, antes de Zeus, tudo começou com uma entidade desconhecida que não se sabe de onde surgiu, chamada Caos. Ela continha em si toda a essência de tudo que existia no mundo.

A partir dela, surgiram os titãs que, por sua vez, tinham Cronos que viria a ser o pai de Zeus.

Jogos Olímpicos surgiu devido à mitologia grega

Hoje, nós assistimos extasiados os Jogos Olímpicos que ocorrem a cada dois anos com atletas do mundo inteiro, mas poucos sabem que a competição surgiu a partir da mitologia grega. As narrativas mitológicas afirmavam que os deuses eram homenageados por meio de jogos e competições realizados no Monte Olimpo, daí o nome “Olímpicos”.

Para quem não sabe, o Monte Olimpo é real e o lugar mais alto da Grécia, ficando 2.917 metros acima do nível do mar.

Zeus, um deus violento

Por mais que Zeus represente a soberania sobre todos os demais deuses do Olimpo, sua ficha corrida em relação às suas companheiras não é das melhores. O deus grego era, segundo a própria mitologia, violento com elas.

A primeira esposa chamada Métis foi devorada por ele. Isso porque surgiu uma profecia de que um de seus filhos iria traí-lo. Seus relacionamentos foram com mulheres mortais e imortais. Para seduzir e enganar algumas delas, ele se disfarçava de vários elementos para conseguir conquistá-las.

Muitas de suas companheiras foram tomadas à força.

Teseu e suas controvérsias

A gente conhece o lado do herói Teseu, em que ele mata o Minotauro, mas pouco conhecemos das controvérsias do filho de Egeu.

A primeira coisa que o coloca como um herói meio controverso é sua atitude de abandonar Ariadne, filha do rei Minos, que o ajudou de forma inteligente a se livrar do labirinto, quando retornava vitorioso.

Figura do Hades

Quando falamos em Hades, logo vem a ideia do inferno e a figura diabólica que desenvolvemos a partir da fusão da mitologia grega e o cristianismo. Mas o deus do submundo não julgava as almas e nem condenava nenhuma. Ele, conforme a mitologia, contava com três juízes, que eram Éaco, Radamanto e Minos.

Mas você pode até questionar: e as almas que foram torturadas, segundo a mitologia? Bom aí já era com as erínias, que se caracterizavam como espíritos femininos da justiça e da vingança.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais