Tudo Bahia
Portal de Notícias

Campanhas de vacinação contra pólio e de multivacinação foram iniciadas!

Já foram iniciadas as campanhas Nacionais de Vacinação contra a Poliomielite e de Multivacinação para crianças de até 5 anos. A mobilização foi iniciada no dia 05 e vai até o dia 30 de outubro em postos de saúde de todo o país.

Apesar da pandemia do novo coronavírus e as medidas de distanciamento, é importante que a população procure o serviço, pois a vacina é de extrema importância para manter as crianças imunes à doença. No próximo sábado (17), a vacinação será reforçada com o dia de mobilização nacional.

Além disso, crianças e adolescentes menores de 15 anos, não vacinados ou com esquemas incompletos de qualquer vacina, também poderão comparecer às unidades de saúde para atualizar a caderneta de vacinação.

O público-alvo da campanha são crianças de 1 ano a menores de 5 anos, que devem receber a Vacina Oral de Poliomielite (VOP), desde que já tenham recebido as três doses da Vacina Inativada de Poliomielite (VIP), do esquema básico de vacinação. Já as crianças menores de 1 ano deverão ser vacinadas seletivamente com a VIP, conforme as indicações do calendário nacional de vacinação.

A estimativa do Ministério da Saúde é que haja no país 11,2 milhões de crianças nessa faixa etária. A meta é imunizar 95% desse público.

Campanhas de vacinação: saiba mais sobre a doença

A poliomielite é uma doença contagiosa causada pelo poliovírus, que pode levar a paralisias musculares, em geral nos membros inferiores, ou em casos mais graves, à morte. A vacinação é a única forma de prevenção.

Alguns fatores podem favorecer a transmissão da doença, como o contato direto com fezes ou com secreções eliminadas pela boca das pessoas doentes. Além disso, a falta de saneamento, as más condições habitacionais e a higiene pessoal precária são fatores que favorecem o contágio do poliovírus.

Dentre os sintomas mais frequentes daqueles que estão acometidos pela doença estão a febre, dor de cabeça e no corpo, vômitos, espasmos e rigidez na nuca. Em suas formas mais graves, estão a deficiência motora, acompanhada de febre, flacidez e assimetria muscular e persistência de paralisia residual.

Atualmente existem dois países que sofrem com endemia da doença: Paquistão e Afeganistão. No entanto, o último caso foi registrado no país em 1989, na cidade de Souza, na Paraíba.

Covid-19: medidas serão adotadas nos postos de saúde para proteger população

Para assegurar a saúde da população, o Ministério da Saúde orientou que fossem tomadas medidas de prevenção contra a covid-19.

Dentre as medidas a serem adotadas estão:

  • Disponibilização de locais para lavagem das mãos ou álcool em gel;
  • Promoção da vacinação em locais abertos e ventilados;
  • Realizar triagem de pessoas com sintomas respiratórios antes da entrada na sala de vacinação.
LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais