Tudo Bahia
Portal de Notícias

Pão é aliado ou inimigo da saúde? Confira os principais benefícios

Os pães podem ser consumidos sem apresentar malefícios, mas sabendo definir a quantidade, tipo e outras características.

Presente diariamente nas mesas do brasileiro, o “pão nosso de cada dia” é fundamental para o café da manhã ou lanche da tarde. O pão mais consumido é o francês, mas existem outras receitas que também fazem muito sucesso com os brasileiros. Todavia, existe uma dúvida frequente nas pessoas: pão faz mal a saúde? Pessoas que estão fazendo alguma dieta possuem o costume de cortar o pão de sua alimentação.

Os pães podem ser consumidos sem apresentar malefícios, mas sabendo definir a quantidade, tipo e outras características. O alimento é rico em carboidratos e, portanto, uma rica fonte de energia que lhe proporcionará melhor desempenho nas atividades cotidianas. Ao consumirmos o pão, o carboidrato faz com que nosso cérebro libere serotonina, que é um neurotransmissor que provoca o estado de bem-estar e bom humor.

Por outro lado, o mesmo carboidrato que provoca uma recarga nas nossas energias, também vem somar como aliado no ganho de peso. Outro fator envolvendo os pães é que a farinha de trigo utilizada possui efeito muito semelhante ao açúcar em nosso organismo, podendo contribuir para gerar quadros de resistência à insulina.

Até aqui sabemos do alto valor nutricional do pão e seus malefícios na saúde, mas será que todos pães são assim? Tudo é uma questão de moderação, de respeito aos limites. O pão caseiro feito com farinha integral é bastante nutritivo também e representa menos perigo à saúde. Utilizando farinha integral, ele fica mais saudável por não possuir a mesma quantidade de produtos industrializados que o pão de padaria.

Outro detalhe é que o pão caseiro tem mais nutrientes que o pão feito nas padarias.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais