Tudo Bahia
Portal de Notícias

Mensagens temporárias chegam ao WhatsApp; veja como usar

As mensagens temporárias do WhatsApp poderão ser ativadas para os chats de preferência do usuário e desaparecerão em sete dias.

Nesta quinta-feira (5), o WhatsApp lançou mensagens temporárias que desaparecem depois de uma semana. O novo recurso de privacidade vale tanto para conversas individuais como em grupo. No entanto, nos chats conjuntos as mensagens autodestrutivas só podem ser ativadas pelos administradores.

Dessa forma, após sete dias, toda a conversa é apagada. O contador de tempo é contínuo, ou seja, ele irá funcionar mesmo que você não esteja usando o WhatsApp no momento. Porém, o recurso tem suas limitações:

  • Encaminhamentos para outras conversas, que estão com a função desativada, não somem;
  • Caso você responda uma mensagem temporária, o texto dela continuará aparecendo acima da resposta mesmo depois de apagada;
  • A prévia de uma mensagem temporária continua aparecendo nas notificações do celular, caso você não a apague;
  • Arquivos de mídia (fotos, áudios e vídeos) são excluídos da conversa, mas continuam salvos na memória do aparelho telefônico;
  • É possível gravar a tela e salvar as mensagens por imagem sem nenhum aviso do aplicativo.

Quando você ativa o recurso, aparece um aviso no topo da conversa informando que as mensagens daquele chat do WhatsApp são temporárias e qual é o seu limite. Usuários que façam o backup das conversas regularmente conseguem salvar os recados. Mas, caso seja necessário restaurar o histórico do sistema, tudo o que for temporário é apagado.

Como ativar as mensagens temporárias do WhatsApp

A novidade não é automática e, por padrão, deve ser ativada manualmente. Dessa forma, o usuário pode ligar a função nos chats que preferir. Para isso, é necessário:

  1. Abrir o WhatsApp;
  2. Selecionar o contato;
  3. Ir em “mensagens temporárias”;
  4. Clicar na opção “ativadas”.

Para desativar o recurso, basta fazer o mesmo caminho e selecionar “desativadas”. Vale lembrar que o aplicativo deve estar atualizado em sua última versão, seja no iOS ou Android.

A plataforma alerta que os usuários devem ligar o recurso “somente com pessoas nas quais você confia”. Isso porque as mensagens temporárias do WhatsApp podem ser bastante úteis para trocar informações sigilosas. No Brasil, o recurso deve aparecer em massa apenas na última semana de novembro. Mas já está liberado para o mundo todo.

LEIA TAMBÉM

Novidades do Instagram: mudança no layout com Reels e Loja

O Instagram anunciou no dia 12 de novembro de 2020 em seu blog oficial a estreia do seu novo layout. Confira a seguir as novidades do Instagram.Duas são as novidades: a guia Reels e a guia Loja. A primeira é uma…

Azul fará limpeza das aeronaves com raios ultravioleta

Na última quinta-feira (05/10), a Azul Linhas Aéreas informou que fará a higienização das suas aeronaves usando máquinas de raio ultravioleta. O UV Cabin System é um sistema de raio ultravioleta da Honeywell, cuja…

Preço do PS5 sofre queda no Brasil após corte de imposto; entenda

Devido à redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), o preço do PS5 sofreu uma queda considerável no território brasileiro. A versão digital do console caiu para R$ 4.199, conforme comunicado da Sony. Por…

TIM fecha parceria com a Quod para facilitar análise de créditos

A TIM e a Quod, que é uma das operadoras do Cadastro Positivo, celebraram uma parceria para incluir informações de geolocalização nas análises de crediário, empréstimo e financiamento. A TIM fecha a parceria para…

WhatsApp clonado: o número de golpes têm crescido no Brasil

No último mês de setembro, o número de contas do WhatsApp clonadas no Brasil chegou a 15 mil por dia. Segundo dados de análise do dfndr lab, laboratório de segurança digital da empresa brasileira PSafe.Segundo a…

Fã de Harry Potter cria vassoura para andar por Belo Horizonte

Um fã da saga Harry Potter criou uma vassoura para andar por Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. O autor da ideia foi Alessandro Russo, um inventor de 28 anos, que no mês de janeiro de 2020 decidiu criar um projeto…

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais