Tudo Bahia
Portal de Notícias

WhatsApp libera chamadas de vídeo coletivas em grupos de conversa

O novo recurso do WhatsApp irá sinalizar com um ícone verde os grupos que estiverem em ligação. Saiba como funciona.

Nesta segunda-feira (18/10), o WhatsApp apresentou uma nova funcionalidade que integra chamadas de vídeo aos chats de conversas em grupo, com a intenção de facilitar a participação em reuniões por vídeo. O mensageiro, agora, permite que as pessoas façam ligações em grupo, diretamente pela conversa, e que seja possível entrar em um chat coletivo e grupos em ligação por meio de um recurso.

Ele está disponível em um novo ícone na aba “Conversas” do aplicativo. Em julho, foi lançado o recurso de entrar em uma ligação de grupo depois que a chamada já foi iniciada, ou seja, depois de “ignorar” a ligação quando a chamada de vídeo começou. Agora, um novo elemento vai deixar esse recurso ainda mais prático e acessível.

Ícone verde

Quando um usuário quiser checar se há uma ligação de grupo em andamento, basta abrir o WhatsApp e verificar se a chamada está ativa por meio de um ícone verde acompanhado de uma câmera.

Ao entrar no chat do grupo, aparecerá um botão branco com a opção de “Juntar-se” à ligação no topo da tela, ao lado do nome do grupo. A intenção é que o processo para a ligação seja tão simples quanto digitar uma mensagem de texto.

Chamadas de vídeo em grupos do WhatsApp

Ao invés de avisar quem está participando da ligação, o mensageiro vai dispor de uma notificação que vai notificar quando um grupo estiver em ligação por vídeo. Em outras palavras, o aviso terá o nome do grupo, não os dos participantes.

Ainda assim, será possível acessar uma aba com informações sobre os membros que participam da videochamada, bem como uma lista com os membros que foram convidados a participar da ligação.

O WhatsApp frisou que somente os membros do grupo poderão participar e se juntar a chamada de vídeo posteriormente. A ligação será criptografada pelo próprio mensageiro.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais