Tudo Bahia
Portal de Notícias

Salvador: retomada das aulas é frustrada após aumento de casos da COVID-19

'Difícil pensar em retomada das aulas', diz ACM Neto após aumento de casos de contágio do novo coronavírus, em Salvador.

Durante uma entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira (25), o prefeito de Salvador, ACM Neto, disse que agora ficou ainda mais difícil estabelecer uma data para retomada das aulas na capital baiana. Isso porque o número de contágio do novo coronavírus teve um aumento considerável.

“Infelizmente, dado ao aumento no número de casos e dado o risco de segunda onda, que é real, fica difícil pensar numa retomada das aulas e da educação. Mas eu não defendo que nós deixemos indefinidamente essa questão”, disse Neto.

Além disso, ACM Neto adiantou ainda que na próxima sexta-feira (27/11) fará anúncios sobre os protocolos para o Natal de Salvador. Ainda na coletiva, ele afirmou que não há previsão de anúncios sobre a realização do carnaval em 2021.

Desafio para o novo prefeito eleito a partir de 2021

De acordo com Neto, é preciso que se encontre uma saída para as crianças, assim que o crescimento de casos da COVID-19 for estabilizado. Além disso, avaliou que este será o maior desafio para o novo prefeito eleito, Bruno Reis, a partir de 2021.

“Em algum momento, vai ser preciso retomar a educação, para que os prejuízos das crianças não sejam maiores e mais graves. Ao lado do transporte público, o grande desafio de Bruno é o desafio da educação. Para assegurar que as crianças voltem à sala de aula e possam recuperar o tempo perdido. Na prática, teremos que fazer dois anos em um, já que já estamos no final de novembro”, avaliou.

A coletiva foi realizada no bairro do Engenho Velho da Federação, em Salvador, durante a entrega da Escola Municipal Makota Valdina. A unidade teve investimento de R$ 4,8 milhões, e conta com estrutura de 13 salas de aula com climatização, quadra poliesportiva e refeitório. A escola tinha capacidade para 250 alunos e agora possui 800 vagas.

“Além de bonita, saltamos de 250 para 800 vagas. Vamos atender pré-escola, creche, fundamental I e EJA. Essa unidade já está pronta com todos os padrões sanitários e de segurança para, assim que possível, fazermos a retomada da educação que mais avança no Brasil”, disse ACM Neto em seu Twitter oficial.

Como deve acontecer a retomada das aulas presenciais?

O fechamento das instituições de ensino foi uma das medidas para reduzir a contaminação pelo novo coronavírus. A medida foi adotada em todos os países pelo mundo.

Gestores e educadores precisaram se adaptar ao contexto da pandemia para continuar com seus propósitos pedagógicos. Com a retomada das aulas presenciais, novas questões deverão ser levantadas para que a adaptação aconteça da melhor forma possível.

Na retomada das aulas presenciais, muitas questões precisam ser repensadas, como os cuidados com higiene, horários e organização dos espaços compartilhados.

Nas salas de aula, em refeitórios e em outros espaços compartilhados, o uso de máscaras deverá ser obrigatório no ‘novo normal’. Além disso, deverá ser estimulado a higienização constante das mãos e dos objetos pessoais. Tubos de álcool em gel podem ser distribuídos em locais estratégicos das instituições, como na entrada das salas de aula e dos banheiros.

A organização das salas de aula precisa ser repensada para se adaptar ao contexto pós-pandemia:

  • As carteiras devem permanecer a uma distância entre um metro e um metro e meio;
  • Todos devem permanecer de máscaras, inclusive o educador;
  • O ambiente deve se manter arejado, com as janelas e portas abertas.
LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais