Tudo Bahia
Portal de Notícias

Estado da Bahia teve mais de 56 mil doadores de sangue em 2020

Além dos doadores de sangue, o estado contou com voluntários a doações de medula óssea. Assim foi possível realizar mais de 92 mil atendimentos.

Em 2020, o número de doações de sangue caiu em 10% na Bahia. Contudo, o estado somou 56.517 novos candidatos a doadores de sangue. Segundo dados da Hemoba, ainda houve mais 41.302 pessoas doando sangue pela primeira vez. em 2020. “Não imaginávamos o quanto a pandemia poderia sensibilizar as pessoas à doação de sangue”, afirmou Fernando Araújo, diretor da instituição.

A Hemoba informou que, no total, foram mais de 106 mil voluntários dispostos a doar. Além disso, 8 mil pessoas se voluntariaram para doar medula óssea. Ao todo, foram 544 doações por aférese em 2020, 69 a mais que no ano anterior. Dessa forma, a instituição pode produzir cerca de 103 mil bolsas de sangue e outras 270.346 de hemocomponentes.

“No começo caímos quase 40%. Apesar dos doadores fidelizados saberem da importância da doação e realizarem com frequência, era essencial a presença de novos doadores para conseguirmos atender a demanda transfusional do estado”, afirmou Araújo. O grande número de novos doadores de sangue na Bahia, de acordo com ele, é resultado de projetos da Hemoba durante a pandemia.

Doadores de sangue conseguiram sustentar o banco

Candidatos fidelizados que realizam doações com frequência somaram mais de 11 mil. O diretor disse ter sido graças a esses doadores que foi possível evitar um colapso na saúde pública estadual a princípio. Isso porque continuaram comparecendo periodicamente para doar sangue.

“Sem as doações de sangue fica mais difícil sustentar demandas de cirurgias eletivas, urgências e emergências e até situações em que a transfusão é para um paciente agravado pela COVID-19. Somos muito gratos por essa consciência cidadã dos nossos doadores fidelizados”, comentou.

Entre os candidatos a doadores de sangue em 2020, 49.678 eram jovens e 38.252 estavam aptos e puderam fazer a doação. Já dos idosos, o número caiu 30% em relação a 2019, somando apenas 1.863. “Nos adequamos às normas de segurança. Mesmo com a pandemia, conseguimos executar mais 92 mil atendimentos”, afirmou a médica e coordenadora do ambulatório da Hemoba, Larrisa Rocha.

Projetos para doação de sangue

A instituição aproveitou o momento para criar projetos:

  • Hora Marcada: doações agendadas por telefone ou internet;
  • Hemoba em Casa: coletas feitas em condomínios de Salvador e região;
  • Coleta itinerante: realizada nos shoppings Salvador Norte Shopping e Salvador Shopping, contando com duas unidades fixas de coleta nos centros comerciais.

A Polícia Militar da Bahia, o Comando Conjunto Bahia e o Corpo de Bombeiros também participaram dos projetos.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais