Tudo Bahia
Portal de Notícias

Bahia: vulcão capaz de gerar tsunami no estado entra em alerta amarelo

Conforme oceanógrafos, existe possibilidade de um tsunami ser provocado em caso do adormecido vulcão entrar em erupção. Saiba mais.

A Bahia, bem como a maioria das regiões litorais no Norte e Nordeste, estão em estado de alerta observando o monitoramento da atividade sísmica de um vulcão. Ele está localizado nas Ilhas Canárias, no litoral da África. As autoridades espanholas indicaram elevação dos riscos de erupção do vulcão Cumbre Vieja.

De acordo com os oceanógrafos, existe uma possibilidade, ainda que pequena, de um tsunami ser provocado em caso do adormecido vulcão entrar em erupção. Caso ocorra, todo o litoral brasileiro seria atingido. Todavia, seria mais intenso para as regiões localizadas no Norte e Nordeste, com destaque para a costa da Bahia.

Existem quatro escalas de alerta, sendo que o Cumbre Vieja encontra-se na número 2, que exige alerta por parte dos especialistas e da população. A escala 3 é dada quando é iminente a erupção, sendo denominada como alerta máximo. A quarta escala é quando processo de erupção já teve início.

Sobre o Cumbre Vieja

Cumbre Vieja fica nas Ilhas Canárias, que é um arquipélago espanhol no Oceano Atlântico. O vulcão tem cerca de 6.500 metros de altitude e é denominado assim por estar numa região da cadeia de vulcões com o respectivo nome. A alta nas atividades sísmicas começou em 2017 e, em 2020, ganhou forças.

As alterações mais intensas passaram a ser registradas no último sábado (11) e as atividades tectônicas ocorreram com maior frequência ao longo desta semana. Um dos maiores indicadores foi a profundidade dos epicentros, que reduziram e saíram da casa dos 30km de profundidade (considerado o normal para apenas 1km).

Esses novos dados foram registrados já nesta quinta-feira (16). Ao todo, somaram-se mais de 100 tremores, conforme dados do Plano Especial de Proteção Civil e Atenção às Emergências de Risco Vulcânico. Com os tremores aumentando significativamente e se tornando mais contínuos, daí o alerta amarelo ter sido enviado através de uma comunicação oficial.

Ainda nesta quinta-feira, estão previstos um aumento na intensidade dos tremores.

Como se formariam os tsunamis

Os tsunamis ou ondas gigantes poderiam se formar por conta de uma erupção explosiva e, segundo os especialistas, seriam sentidas em todo o Atlântico. Ou seja, dos EUA até o Brasil. O alerta se estende, desse modo, no Caribe, Golfo do México e litoral do nordeste brasileiro.

Ainda conforme especialistas, as ondas poderiam chegar a 5 metros de altura. Entre a erupção, formação do tsunami e a chegada ao Brasil, o tempo seria de cerca de seis horas, confirmam especialistas.

Por que o Brasil não tem vulcão?

Mesmo o vulcão sendo a mais de 7 mil km do solo brasileiro, seus efeitos podem ser sentidos por aqui. Mas, em solo brasileiro, não existem chances de termos um vulcão.

Isso porque o nosso território foi formado há milhões de anos no centro de uma placa tectônica, que é denominada de “Tectônica Sul-Americana” (região estável). Os vulcões geralmente se formam em regiões geológicas instáveis – que seriam nas bordas das placas em linguagem mais didática.

Os vulcões que existiram há milhões de anos por nossas terras, dessa maneira, ficaram extintos e se transformaram em lugares belíssimos e com total sintonia com a natureza.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais