Tudo Bahia
Portal de Notícias

Deputada sugere auxílio financeiro na Bahia para mulheres vítimas de violência

O programa, caso seja aprovado, deverá atender mulheres em situação de vulnerabilidade social e passaram por algum tipo de violência doméstica.

O governo da Bahia recebeu a sugestão da deputada estadual, Kátia Oliveira (MDB), para criação de um programa assistencial a mulheres que são vítimas de violência doméstica no estado. Chamado de Bolsa Social Maria da Penha, o programa tem como finalidade conceder um auxílio financeiro às mulheres que forem vítimas de ameaça ou violência doméstica, familiar ou de gênero.

O programa, caso seja aprovado, deverá atender apenas mulheres que se encontram em situação de vulnerabilidade social e passaram por algum tipo de violência doméstica. A deputada afirmou que é um papel do governo adotar essas medidas que venham alcançar essas mulheres.

Outro detalhe importante destacado pela parlamentar é que esse problema ocorre em todas as classes sociais. Todavia, as mulheres em situação de vulnerabilidade social são as que mais sofrem por falta de opção. A parlamentar ainda destaca que essa espécie de “bolsa auxílio” tem como finalidade promover o afastamento dessas mulheres do convívio com o agressor.

O estado da Bahia apresenta um alto índice de violência contra mulher, contabilizando 181 feminicídios (morte de mulheres em razão do gênero) apenas em 2021. Os casos de violência contra a mulher, somente registrados através de denúncias no Ministério Público da Bahia (MP-BA), ultrapassaram a casa dos 15 mil somente no primeiro semestre, ou seja, de janeiro a junho deste ano.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais