Tudo Bahia
Portal de Notícias

Novo ministro da justiça é nomeado!

Além do novo ministro, Bolsonaro nomeia também novo diretor da Polícia Federal.

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, assinou decretos, que foram publicados no Diário Oficial da União desta terça-feira (28), com a nomeação de André Luiz de Almeida Mendonça e Alexandre Ramagem Rodrigues para, respectivamente, ministro da Justiça e Segurança Pública e diretor-geral da Polícia Federal (PF). O novo ministro é nomeado após a saída de Sérgio Moro da pasta.

A saída do ex-ministro Sérgio Moro foi motivada, dentre outras causas, por conta da decisão do presidente Jair Bolsonaro em tirar da direção da Polícia Federal o Maurício Valeixo, braço direito do ex-ministro. De acordo com informações de Moro, essa seria uma tentativa do presidente em ter mais acesso às informações da Polícia Federal. Com isso, Sérgio Moro e Maurício Valeixo deixam o governo Bolsonaro.

Para o ex-ministro, o problema primordial não seria a troca, mas o motivo da troca do comando da Polícia Federal. Segundo o agora ex-ministro, o presidente quer uma fonte direta dentro da PF, para ter acesso a relatórios de inteligência. Por isso, sua saída foi marcada por várias polêmicas.

Conheça o novo ministro da Justiça e Segurança Pública

André Mendonça tem 46 anos e é natural de Santos, em São Paulo. O novo ministro é advogado, formado pela Faculdade de Direito de Bauru (SP). Ele é pós-graduado em direito público pela UNB; mestre em estratégias anticorrupção e políticas e integridade pela Universidade de Salamanca, na Espanha; e doutor em estado de direito e governança global.

Mendonça é Advogado da União desde 2000, e já esteve lotado nos cargos de corregedor-geral da Advocacia da União e de diretor de Patrimônio e Probidade, dentre outros. Recentemente, era assessor especial do ministro, na Controladoria-Geral da União (CGU). O novo ministro não é tão intimo da família Bolsonaro.

Sobre o novo diretor da Polícia Federal

Alexandre Ramagem foi nomeado para a direção da Polícia Federal. Atualmente ele era diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). Ramagem é graduando em Direito, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio).

Ele iniciou carreira na Polícia Federal em 2005 e atualmente é delegado de classe especial, mas sua primeira lotação foi na Superintendência Regional da Polícia Federal no estado de Roraima.

Em 2018, assumiu a Coordenação de Recursos Humanos da Polícia Federal, na condição de substituto do diretor de Gestão de Pessoal. Além disso, no mesmo ano assumiu a Coordenação de Segurança do então candidato e atual presidente da República, Jair Bolsonaro.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais