Tudo Bahia
Portal de Notícias

Pandemia da COVID-19: como aumentar a imunidade?

Em meio a pandemia da COVID-19, aprenda a aumentar a sua imunidade.

Em meio à pandemia causada pelo novo coronavírus, muitas pessoas estão buscando alternativas para aumentar a imunidade. Quanto mais forte seu sistema imunológico estiver, menores são as chances de ficar doente, ter uma viroses e ou pegar gripes comuns. Dessa maneira, você evita ter que ir a hospitais para tratar casos “leves”, mantendo o isolamento social.

Pessoas que possuem problemas médicos prévios, sistemas imunológicos comprometidos ou acima de 65 anos de idade estão em grupos considerados de maior risco de contágio. Para tentar evitar a doença é importante estar com o sistema imunológico fortalecido.

A alimentação em meio à pandemia do novo coronavírus

Alguns alimentos são essenciais para fortalecer o sistema imunológico e, por isso, devem ser introduzidos nas rotinas alimentares.

A grande recomendação é de que a alimentação seja saudável, regular e rica em vitaminas. Veja em quais alimentos são encontradas algumas vitaminas:

  • Vitamina A: vegetais alaranjados e brócolis;
  • Vitamina C: frutas cítricas;
  • Selênio: peixes e frutas;
  • Ferro e proteínas: carnes e leguminosas.

A vitamina C é muito associada à imunidade, principalmente em casos ligados ao sistema respiratório. Mas, de acordo com a médica nutróloga Ana Luísa Villela em entrevista para o portal E+, do Estadão, é preciso atenção para a quantidade consumida.

De acordo com a médica, o excesso de vitamina C, por exemplo, pode acarretar em cálculos renais e problemas gastrointestinais. Por isso, é importante o auxílio do profissional de saúde para determinar a necessidade de cada organismo.

Consuma água para aumentar a imunidade!

A água compõe até 60% do corpo humano e é usada em todas as reações químicas. Manter o corpo hidratado é fundamental para uma boa imunidade.

Um adulto pode perder até 2,6 litros de água por dia, a maioria pela urina e, essa reposição deve ser garantida por meio da ingestão de bebidas e alimentos.

Por isso, o consumo médio de dois litros de água deve ser garantido para auxiliar na promoção da saúde.

Mantenha uma rotina

É de extrema importância manter uma estabilidade na rotina durante o isolamento social, com horários estabelecidos para cada atividade. Assim, o corpo vai se adequar aos horários e o nível de estresse pode ser reduzido.

Além de investir em uma alimentação adequada, as atividade físicas também são recomendadas, pois permitem que o organismo crie um mecanismo antioxidante para diminuir o estresse pontual, melhorando o sistema imunológico. Para isso, porém, é preciso que as atividades físicas sejam regulares e não pontuais. Com o isolamento social, recomenda-se como alternativas: subir e descer escadas, pular corda e até pedalar.

Para agregar na rotina de bons hábitos, tenha uma boa qualidade de sono, pois é assim que o corpo recupera suas energias e se prepara para o próximo dia.

Por isso, é importante respeitar as oito horas recomendadas de sono para um ajuste do metabolismo.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais