Tudo Bahia
Portal de Notícias

Projeto quer passe livre para ônibus em dias de eleições

Proposta de senador goiano está na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e espera pela escolha de um relator.

continua depois da publicidade

Um Projeto de Lei (PL) quer que em dias de eleições, o cidadão tenha direito ao passe livre para ônibus. No caso, o benefício seria destinado para o transporte terrestre coletivo interestadual e semiurbano.

O Projeto de Lei 227/2020 é de autoria do senador Jorge Kajuru (Cidadania – GO) e tem como objetivo beneficiar quem mora em um lugar longe do seu local de votação. Muitos deixam de votar por não terem condições financeiras de arcar com o transporte.

No projeto, o senador justifica que todos os brasileiros possuem o direito de participar nas eleições. “Com o mesmo espírito, proponho que seja instituído o passe livre tanto no transporte terrestre coletivo interestadual quanto no transporte terrestre coletivo interestadual semiurbano, serviços cuja titularidade é da União, em datas de eleições”, escreveu Jorge Kajuru.

Além disso, ele argumenta que se houver menos votos justificados, maior será a representação dos eleitores perante quem for eleito. “Embora o eleitor possa justificar seu voto quando esteja, na data da eleição, fora do seu domicílio eleitoral, os representantes eleitos espelharão de maneira mais fidedigna a vontade dos eleitores quanto menor for o número de votos justificados ou ausentes”, explicou.

Se aprovado, o texto do PL irá modificar a Lei 6.091, de 1974, que determina que a Justiça Eleitoral e a administração pública devem fornecer transporte gratuito para quem mora em zonas rurais. Este é um direito que poucas pessoas conhecem e deixam de requerer. Com a mudança, seriam incluídas as novas modalidades do PL.

Situação do PL do passe livre para ônibus

No momento o projeto está na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e aguarda que um relator seja escolhido para dar o seu parecer sobre a viabilidade e constitucionalidade da ideia. Caso seja aprovado pela CCJ, o texto vai para o Senado.

No Senado, ele precisa ser aprovado e depois será enviado à Câmara dos Deputados. Somente com a aprovação nas duas casas é que o PL poderá ser direcionado ao presidente da república para uma sanção.

LEIA TAMBÉM

Suposta extensão do pagamento do auxílio emergencial é negada por Paulo Guedes

Sob orientação de assessores que trabalham em gabinetes do Palácio do Planalto, afiliados da ala política estão levantando rumores de o Congresso possivelmente prolongar o pagamento do auxílio emergencial até, no mínimo,…

5 sites e aplicativos para sortear amigo secreto

Com o fim do ano chegando, vem chegando as festas e confraternizações. Uma das tradições mais recorrentes entre famílias, amigos e colegas de trabalho é o amigo secreto, também chamado de amigo oculto em alguns lugares.…

Redução do 13º salário deve afetar mais de 8 milhões de trabalhadores

Anualmente no mês de novembro, os trabalhadores com carteira assinada começam a receber o décimo. Contudo, a crise provocada pela COVID-19 vai causar a redução do 13º salário deste ano. A Confederação Nacional do…

Senado aprova expansão de banda larga nas escolas públicas

Foi aprovada na última semana, pelo Senado Federal, uma atualização que permitirá a ampliação de serviços de internet banda larga nas escolas públicas. Trata-se de um substitutivo ao projeto de lei (PL) 172/2020, que…

Estas 9 multas não vão mais gerar pontos na CNH em 2021

A partir de abril de 2020, novas regras do Código Brasileiro de Trânsito (CBT) deverão começar a valer em todo o território nacional. Algumas multas não vão mais gerar pontos na CNH dos motoristas, como dirigir sem os…

Quem não votou no 1º turno das eleições municipais pode votar no 2º turno?

As eleições municipais de 2020 bateram um recorde de abstenção. Cerca de 23% dos eleitores não foram votar, o que dá mais de 34 milhões de pessoas. Com isso, algumas dúvidas surgiram. Entre elas está a do direito de…

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais