Tudo Bahia
Portal de Notícias

Como verificar se eu já estou inscrito no CadÚnico (Cadastro Único do Governo Federal)?

Para saber se está cadastrado no CadÚnico, existem três maneiras simples, objetivas e rápidas de consultar. Veja o passo a passo.

A porta de entrada para recebimento de diversos benefícios sociais do governo é a inscrição no Cadastro Único do Governo Federal, conhecido como CadÚnico. Programas municipais e estaduais, também, usam essa fonte de dados para seus respectivos projetos de assistência social.

Portanto, é fundamental ser inscrito no CadÚnico para ter acesso a programas, como a Tarifa Social de Energia Elétrica, que terá desconto automaticamente para inscritos na base de dados. Também é através desse cadastramento que outros benefícios são repassados, como Bolsa Família e programa de habitação.

Como saber se você está cadastrado no CadÚnico

Para saber se está cadastrado no CadÚnico, existem três maneiras simples, objetivas e rápidas de consultar. A primeira é pelo aplicativo “Meu CadÚnico”, disponível para Android e iOS. Após baixar, é só informar os dados que são pedidos na plataforma, sendo eles:

  • Nome completo;
  • Data de nascimento;
  • Nome da mãe;
  • Estado e município.

Por último, será necessário clicar em “Não sou um robô” e em “Emitir Certidão”. A segunda forma é o mesmo processo explicado acima, mas por meio do site. Já a terceira via para consultar e saber se está cadastrado no CadÚnico, por sua vez, é por meio do telefone para quem não consegue acessar a internet. Basta ligar gratuitamente para 0800 707 2003.

Como se inscrever

Antes de buscar se inscrever no CadÚnico, é necessário compreender que o perfil precisa se enquadrar nas normas exigidas. Algumas das exigências do Cadastro Único são as seguintes:

  • A renda mensal per capita (por pessoa) não pode ser superior a meio salário mínimo, que, na vigência é de R$ 522,50.
  • O total acumulado pela família em termos de renda mensal não pode ultrapassar a casa dos R$ 3.135,00.

O responsável pela família deverá apresentar os seguintes documentos:

  • CPF ou Título de Eleitor;
  • Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI) para responsável por família indígena;
  • Para responsáveis por família quilombola ou indígena, é permitida a apresentação de documentos de identificação, como Certidão de Casamento, RG e Carteira de Trabalho.

Os documentos de todos os integrantes da família devem ser entregues no momento do cadastro. É preciso ir até o setor responsável pelo CadÚnico de sua cidade para se inscrever.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais