Tudo Bahia
Portal de Notícias

Prova de vida do INSS terá novo calendário em 2022; veja o que muda

Para evitar fraudes, a prova de vida acontece pela agência bancária onde o indivíduo recebe os pagamentos. Saiba mais detalhes.

Provar a continuidade da própria vida faz parte da rotina de mais de 36 milhões de brasileiros que recebem ajuda financeira do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). A partir de janeiro de 2022, o procedimento anual e previsto em lei, volta a ser obrigatório, depois de ter sido suspenso para evitar a contaminação de COVID-19 entre aposentados, pensionistas e demais beneficiados.

De acordo com a nova portaria anunciada pelo INSS, a prova de vida em 2022 será feita conforme o mês de aniversário de cada beneficiário. O instituto, além do mais, também liberou calendário complementar para que não realizou o procedimento desde desde novembro de 2019. Confira:

  • Renovação em janeiro/2022 para vencimento entre novembro/2020 e junho/2021;
  • Renovação em fevereiro/2022 para vencimento entre julho e agosto/2021;
  • Renovação em março/2022 para vencimento entre setembro e outubro/2021;
  • Renovação em abril/2022 para vencimento entre novembro e dezembro/2021.

Como fazer?

Para evitar fraudes, a prova de vida acontece pela agência bancária onde o indivíduo recebe os pagamentos. O serviço pode ser feito de forma presencial no guichê de atendimento do banco, pelo caixa eletrônico ou no domicílio de idosos acima de 80 anos.

Nesse último caso, basta ligar para o número 135 ou agendar a visita de agentes pelo aplicativo Meu INSS (Android e iOS). Os segurados que vivem no exterior devem comprovar a própria vida através de procuração.

Para adeptos às novas tecnologias, é possível fazer a prova de vida pelo celular. Basta autorizar o procedimento no aplicativo “Meu gov.br” e, logo depois, iniciar a comprovação no app “Meu INSS”.

Outra alternativa é a plataforma do Banco do Brasil para clientes da instituição, por enquanto, o único sistema bancário a disponibilizar esse tipo de serviço online. Nesses casos, a biometria cadastrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e no Detran facilita o processo que exige todos os dados atualizados. Confira passo a passo abaixo:

  1. Acesse a plataforma;
  2. Selecione a opção prova de vida;
  3. Realize o reconhecimento fácil, por meio de fotos, conforme as orientações;
  4. Anexe uma foto do documento de identidade;
  5. Informe o número do título de eleitor;
  6. Aguarde análise e validação;
  7. Salve o comprovante de realização da prova de vida.
LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais