Tudo Bahia
Portal de Notícias

Ômicron: nova onda causa restrição de atendimento presencial em alguns bancos

Os serviços bancários presenciais de cidades do interior de São Paulo e demais estados, como Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, já estão sendo suspensos.

No Brasil inteiro, o aumento nos casos de infecção por COVID-19, sobretudo, pela variante Ômicron, tem provocado um recuo nas flexibilizações que foram feitas nos últimos meses. Agências bancárias em várias partes do país já anunciaram que os atendimentos presenciais serão restringidos.

Os serviços bancários presenciais de cidades do interior de São Paulo e demais estados, como Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, já estão sendo evitados. Por meio de nota, a Federação dos Bancários afirmou que diversas agências em mais de 20 cidades de São Paulo tiveram os atendimentos presenciais suspensos devido a vários casos de infecção pela COVID-19 em funcionários.

Na região sul do país, diversas agências já estão sem o atendimento presencial. A maioria dos bancos da Banrisul, por exemplo, tiveram suas agências fechadas desde a última semana. Os fechamentos tem sido temporário, mas ainda não se fala em datas específicas para o retorno dos atendimentos.

Por sua vez, a Federação Brasileira de Bancos, Febraban, informou que os serviços bancários são essenciais. Todavia, os profissionais precisam intensificar as medidas de higienização que já tiveram início. Outros estados que apresentaram crescimento repentino nos casos, igualmente, já estão tomando as medidas para conter o avanço e aplicando medidas restritivas.

A Bahia, por exemplo, em novo decreto, restringiu os públicos para eventos para 3 mil pessoas, com a obrigatoriedade do pedido de apresentação da comprovação das duas doses da vacina.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais