Tudo Bahia
Portal de Notícias

Concurso PRF: diretor explica detalhes sobre as etapas eliminatórias; confira

O próximo concurso PRF (Polícia Rodoviária Federal) contará com nove etapas eliminatórias! Durante transmissão feita na última segunda-feira (23/11), José Hott confirmou que as fases do novo certame vão ser as mesmas cobradas no edital anterior. O diretor-executivo também disse que os concurseiros já podem se preparar para as provas objetivas, tendo em vista que o novo conteúdo programático será parecido com o de 2018.

“Nesses nove conjuntos de fases, selecionaremos os candidatos que possuem requisitos mínimos em todos os aspectos para desempenhar o trabalho como policial rodoviário federal”, explicou durante a transmissão ao vivo pelas suas redes sociais.

Concurso PRF: detalhes sobre as etapas

O diretor-executivo da corporação, José Hott, disse que o concurso PRF consistirá em nove etapas eliminatórias. Veja os detalhes:

  1. Provas objetivas: José Hott informou que o conteúdo programático de 2018 já fornece as diretrizes para as próximas provas objetivas. Quando o novo edital sair, bastará complementar os estudos com as eventuais novidades;
  2. Provas discursivas: “o candidato precisa treinar, fazer várias provas, escrever, ler bastante”, explicou José Hott durante a transmissão em suas redes sociais;
  3. Teste de Aptidão Física (TAF): de acordo com o diretor-executivo da PRF, o percentual de reprovação no TAF é elevado. O edital de 2018 já dispõe sobre as informações principais da etapa. “Não acredito que haverá mudanças e não vejo a possibilidade de ter natação”;
  4. Apresentação de Documentos: José Hott disse que os concurseiros vão precisar dar uma atenção especial para essa etapa. Quem não entregar os documentos solicitados, poderá ser eliminado do certame;
  5. Avaliação Médica;
  6. Avaliação Psicológica: “Não é só o psicotécnico. Temos uma avaliação continuada, que acontece durante todo o certame e, inclusive, no CFP. O candidato precisa ter capacidade física e emocional durante o cargo”, explicou;
  7. Investigação Social;
  8. Avaliação Biopsicossocial: essa fase será destinada para aqueles que entrarem por meio de cotas;
  9. Curso de Formação Policial (CFP): como anunciado anteriormente, José Hott informou que o curso terá duração de 20 semanas.

Projeto básico já foi entregue

No final de setembro de 2020, José Hott confirmou que o projeto básico já foi entregue pela comissão do concurso PRF. Esse documento servirá como um regulamento para a contratação da banca organizadora. Entretanto, o projeto básico só será divulgado após o aval do governo em relação ao certame.

“A comissão cumpriu o papel dela. A gente teve a reunião essa semana. Temos uma minuta de projeto básico, mas não adianta o candidato ficar preocupado com o projeto básico. Ele não é divulgado até que saia a autorização do concurso. Só depois disso é que vamos deixar públicos para as bancas organizadoras. Não adianta ter expectativa para projeto básico e foque na preparação do concurso”, complementou José Hott.

O concurso PRF será provavelmente realizado em 2021, conforme pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro. Em formatura de novos policiais da corporação, ele voltou a dizer que o edital ficará para o ano que vem. Pelo menos 2.000 vagas efetivas vão ser preenchidas para o quadro de novos servidores.

“Falei com o ministro Jorge, agora ministro do TCU, André Mendonça, Aggio e estamos alinhados com o Paulo Guedes (ministro da Economia). A previsão é de 2 mil vagas ano que vem”, Bolsonaro afirmou na ocasião.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais