Tudo Bahia
Portal de Notícias

Concurso Polícia Federal: edital publicado com 1.500 vagas

Edital do concurso Polícia Federal 2021 é publicado no Diário Oficial da União. Oferta de 1.500 vagas de nível superior, confira os detalhes aqui.

Foi publicado o edital n° 01/2021 do concurso Polícia Federal com oferta de 1.500 vagas efetivas para os cargos de Agente, Escrivão, Delegado e Papiloscopista. Segundo o documento, as inscrições poderão ser feitas a partir das 10h de 22 de janeiro e serão encerradas às 18h de 09 de fevereiro de 2021.

O registro deve ser feito de forma online, no site do Cebraspe, mediante pagamento de taxa de inscrição no valor de R$ 250,00 para candidatos ao cargo de Delegado e R$ 180,00 para os demais.

As provas objetivas e discursivas estão previstas para acontecerem no dia 21 de março de 2021.

Concurso Polícia Federal: distribuição das vagas

De acordo com o edital do concurso Polícia Federal, as 1.500 vagas serão distribuídas para os seguintes cargos:

Requisitos para concorrer

O cargo de Delegado de Polícia Federal possui como requisito o diploma de bacharel em Direito e a comprovação de três anos de atividade jurídica ou policial.

Para os cargos de Agente, Papiloscopista e Escrivão, é necessário ter curso superior em qualquer área de formação.

O edital ainda possui requisitos básicos para investidura em todos os cargos:

  • Ser brasileiro ou português (desde que amparado pelo Estatuto de Igualdade);
  • Carteira nacional de habilitação na categoria “B” (pelo menos);
  • Carteira de Identidade Civil;
  • Idade mínima de 18 anos completos na data de matrícula no Curso de Formação Profissional;
  • Aptidão física e mental;
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais;
  • Estar quite com o serviço militares (apenas para candidatos do sexo masculino).

Concurso Polícia Federal: etapas

O concurso Polícia Federal será formado pelas seguintes fases na primeira etapa:

  • Prova objetiva;
  • Prova discursiva;
  • Exame de aptidão física;
  • Avaliação médica;
  • Prova oral (somente para o cargo de Delegado de Polícia Federal);
  • Prova prática de digitação (somente para o cargo de Escrivão de Polícia Federal);
  • Prova de títulos (somente para o cargo de Delegado de Polícia Federal;
  • Primeiro momento da avaliação psicológica.

A segunda etapa do concurso consiste de Curso de Formação Profissional, de responsabilidade da Academia Nacional de Polícia. O curso será em regime de internato, exigindo-se do aluno tempo integral com frequência obrigatória e dedicação exclusiva.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais