Tudo Bahia
Portal de Notícias

Paulo Guedes afirma que alta nos preços é temporária

Nesta quinta-feira, 12 de novembro, o ministro da economia do governo Bolsonaro afirmou que a recente alta nos preços de produtos no Brasil é temporária. Isso foi mencionado enquanto Paulo Guedes estava em um evento promovido pela Associação Brasileira dos Supermercados: o Dia Nacional do Supermercado.

Segundo o chefe da economia, os preços devem ficar mais baixos assim que a verba destinada ao auxílio emergencial for destinada para o Programa Bolsa Família (PBF) ou para o Renda Cidadã, caso ele seja aprovado. Sobre o setor de alimentos, o ministro disse que a abertura comercial foi utilizada para conter o avanço inflacionário.

“Quando a população começou a reclamar de aumentos excessivos, o governo agiu rápido ao reduzir a zero a alíquota do imposto de importação do arroz. Estamos examinando toda a pauta de alimentação para eliminar impostos de importação”, afirmou.

Alta nos preços

Paulo Guedes se comprometeu a conter a alta nos preços, mas disse que pretende implementar um imposto sobre dividendos. Ou seja, as pessoas – tanto físicas como jurídicas – que têm isenção fiscal por algum motivo passarão a pagar as cargas tributárias.

Além disso, o economista voltou a falar sobre a desoneração da folha salarial que visa a tributação de transações. “Não é que queremos criar novo imposto, queremos desonerar a folha de pagamentos, o mais cruel dos impostos”, disse.

E continuou: “Queremos desonerar a folha para permitir que capital e tecnologia se encontrem com trabalhador hoje excluído do mercado formal. Quarenta milhões de brasileiros fora do mercado de trabalho é vergonha para o país”.

Em sua fala, além da alta dos preços, Guedes também tocou na questão do desemprego no país. “As pessoas vão dizer que desemprego aumentou, mas não, são pessoas que estavam fora do mercado de trabalho”, explicou o ministro.

Setor de supermercados

Após ser elogiado por Paulo Guedes, o presidente da Associação Brasileira dos Supermercados (Abras) destacou a atuação do Governo Federal durante o período de pandemia do COVID-19. Inclusive, dizendo que Guedes poderia até ganhar o Nobel de Economia pela implementação do auxílio emergencial no país.

Para o ministro, o trabalho das lojas de supermercados foi essencial para que as prateleiras não ficassem vazias durante a crise econômica e sanitária. Para finalizar sua fala, Guedes disse que a economia brasileira é como um urso que estava hibernando, mas que agora irá sair para a caça e que a democracia brasileira surpreende o mundo todo por sua resiliência.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais