Tudo Bahia
Portal de Notícias

Banco do Brasil anuncia fechamento de agências e demissões

Banco justificou que mudanças possuem o objetivo de adequar ao perfil dos clientes.

Nesta segunda-feira (11/01), o Banco do Brasil anunciou o fechamento de agências e demissões. Em todo o país, serão 361 unidades do BB que deixarão de existir no primeiro semestre e 5 mil pessoas estarão desligadas até fevereiro.

Das 361 unidades que serão fechadas, são 112 agências, 242 postos de atendimento e sete escritórios. Os funcionários desligados deverão fazer parte de planos de demissão voluntária apresentados pelo banco.

“A reorganização da rede de atendimento objetiva a sua adequação ao novo perfil e comportamento dos clientes”, justificou o BB, em nota, sobre as mudanças.

Pandemia motivou cortes e fechamento

De acordo com o Banco do Brasil, a pandemia de COVID-19 fez com que a instituição financeira percebesse mudanças nos seus clientes. O uso de ferramentas online como o site do BB para transferências, pagamentos e outras operações aumentou de forma considerável. Ao mesmo tempo, houve redução do uso das agências físicas.

Além disso, ao fazer o corte de pessoas e locais, o Banco do Brasil consegue gerar uma economia de recursos. É estimado que, em 2021, R$ 353 milhões deixarão de ser gastos. Para 2025, a economia projetada é de R$ 2,7 bilhões.

Sobre as demissões voluntárias do Banco do Brasil

Como informado, as demissões do banco do Brasil serão voluntárias. Isso quer dizer que a instituição não irá demitir quem quiser ficar. Para fazer com que a pessoa deixe o emprego, dois planos de desligamentos foram criados.

O primeiro plano é o Programa de Adequação de Quadros (PAQ), que irá distribuir melhor as vagas dos funcionários em postos de trabalho, evitando excessos e fazendo cortes. O segundo é o Programa de Desligamento Extraordinário (PDE), válido para todos os funcionários, tendo um processo simples de pedido de saída com benefícios.

“A estimativa do BB é que cerca de 5 mil funcionários venham a aderir aos dois programas de desligamento. O número final de adesões, assim como o respectivo impacto financeiro, serão informados ao mercado após o encerramento dos períodos de adesão que ocorrerá até 5 de fevereiro”, diz a nota oficial do BB.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais