Tudo Bahia
Portal de Notícias

Preço médio da cesta básica paulista chegou a R$ 1.060 em junho

O Procon de São Paulo, em parceria com o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), fez um levantamento que revelou uma alta de 2,08% no preço médio da cesta básica paulista.

Se em maio de 2021, o valor médio era R$ 1.038,45, no final de junho passou para R$ 1.060,10.

Preço médio da cesta básica paulista

Os produtos de limpeza pessoal foram considerados, no levantamento do Núcleo de Inteligência e Pesquisas do Procon, os maiores responsáveis pela alta.

A variação desses itens foi de 6,34%, deixando para tráz itens, como higiene pessoal (alta de 4,52%), alimentação (alta de 1,65%). Ao longo do ano, a variação média foi de 5,18%, tendo como referência o mês de dezembro de 2020.

Quais os produtos que mais tiveram aumento

Por um lado, os itens domésticos que mais aumentaram no período pesquisado foram:

  • Sabão em Pó (kg): aumento de 12,25%;
  • Papel Higiênico Fino Branco (com 4 unidades): aumento de 8,57%;
  • Água Sanitária (litro): aumento de 7,35%;
  • Café em Pó (500g): aumento de 6,99%;
  • Presunto Fatiado (Kg): aumento de 6,85%.

Por outro lado, as maiores reduções de preço foram desses itens:

  • Cebola (kg): queda de 18,60%;
  • Batata (kg): queda de 17,89%;
  • Amaciante (2 litros): queda de 2,88%;
  • Arroz (5 kg): queda de 1,74%:
  • Limpador Multiuso (500 ml): queda de 1,55%.

Preço da cesta básica um ano atrás

Para se ter uma ideia de como os preços andam subindo, em junho de 2020 o preço da cesta era de R$ 879,13. Isto significa que, de um ano para cá, o aumento geral foi de 20,59%.

No relatório do Procon/Dieese (acesse a íntegra aqui), são mencionados alguns motivos para as oscilações de preço:

Os motivos encontrados que justificam as oscilações nos preços dos produtos da Cesta Básica são inúmeros, como: problemas climáticos, questões sazonais, excesso ou escassez de oferta ou demanda pelos produtos, preços das commodities, variações cambiais, formação de estoques, desonerações de tributos, entre outros.

Para consultar a planilha completa de variações de preço ao longo dos últimos 12 meses, acesse o estudo completo.

Edição com informações da Assessoria de Comunicação do Procon – SP

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais