Tudo Bahia
Portal de Notícias

Novo auxílio de mil reais é lançado em São Paulo; confira quem recebe

O governo de São Paulo realizou mapeamento das regiões com a quantidade proporcional de bolsas que serão concedidas. Confira.

Voltado especificamente para pessoas com senso de empreendedorismo, o novo programa divulgado pelo governador de São Paulo, João Dória (PSDB-SP), tem como objetivo alcançar trabalhadores autônomos informais em situação de vulnerabilidade que empreendem. Batizado de Bolsa Empreendedor, o programa pretende conceder 100 mil bolsas em SP no valor de R$ 1 mil cada, divididos em 2 parcelas de R$ 500,00.

De acordo com o governador, o programa terá como prioridade as mulheres, jovens, pretos e pardos, indígenas e pessoas com deficiência. Dória ainda especificou que o programa além de conceder a bolsa, igualmente, busca oferecer cursos de capacitação e orientações para inclusão no mercado formal.

As bolsas serão concedidas por meio de um voucher, ou seja, crédito. Será enviado um link e as pessoas poderão utilizá-lo em um Caixa eletrônico 24h. Todas as regiões do estado de São Paulo serão contempladas e será realizado, sobretudo, avaliação a partir das inscrições no Cadastro Único (CadÚnico).

Auxílio de mil reais em São Paulo

O governo realizou mapeamento das regiões com a quantidade proporcional de bolsas que serão concedidas:

Região Administrativa

  • Presidente Prudente – 2.202 vagas;
  • São José do Rio Preto – 3.361 vagas;
  • Campinas – 11.924 vagas;
  • Sorocaba – 5.016 vagas;
  • Bauru – 2.334 vagas;
  • Barretos – 990 vagas;
  • Ribeirão Preto – 2.291 vagas;
  • Araçatuba – 1.821 vagas;
  • Marília – 2.375 vagas;
  • Central – 1.809 vagas;
  • Itapeva – 1.950 vagas;
  • São José dos Campos – 5.738 vagas;
  • Franca – 1.486 vagas;
  • São Paulo – 52.196 vagas;
  • Registro – 1.141 vagas;
  • Santos – 3.368 vagas.

Como solicitar o programa Bolsa Empreendedor

Para se inscrever no Bolsa Empreendedor, será necessário participar do curso de empreendedorismo que é oferecido por intermédio do programa Empreenda Rápido. Esse curso é iniciativa do governo do estado de São Paulo e totalmente gratuito.

Porém, para conseguir a bolsa de R$ 1 mil, será necessário ter cumprido pelo menos 80% da carga horária. Outra exigência do governo para a concessão da bolsa é que o empreendedor informal tenha o registro de Microempreendedor Individual (MEI).

Para realizar a inscrição, basta acessar o portal Bolsa do Povo e escolher o benefício. Nesse caso, clique no botão “Bolsa Empreendedor” e preencher com os dados solicitados.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais