Tudo Bahia
Portal de Notícias

Reajuste no salário mínimo de 2022 deve impactar benefícios do INSS; entenda

O reajuste no valor do salário mínimo de 2022 deve afetar os benefícios do INSS. Entenda de que maneira os dois assuntos estão relacionados.

A proposta orçamentária para 2022, enviada pela equipe econômica do governo federal, prevê um reajuste no salário mínimo de 6,27%, elevando, portanto, para R$ 1.169,00. Esse valor dependerá ainda da aprovação do Congresso, e ainda não está definido. Todavia, caso se confirme, impactará diretamente nos benefícios do INSS.

Especialistas afirmam que o valor proposto não é nem de perto o necessário para aumentar o poder de compra do trabalhador. Existe uma estimativa para a inflação que acompanha o reajuste em medida de ultrapassagem ou paralelo. Isso, didaticamente, quer dizer que, mesmo com o aumento no salário mínimo, o valor não é o necessário para acompanhar o aumento de ítens importantes, como da cesta básica.

Com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor – INPC, a equipe econômica projeta uma inflação na casa dos 6,20% e é considerado defasado, podendo, desse modo, sofrer reajuste. Para os beneficiários do INSS que recebem o salário mínimo, o reajuste poderá influenciar de uma forma mais direta com o aumento do teto previdenciário.

Salário mínimo e benefícios do INSS

Atualmente, o teto previdenciário é de R$ 6.433,57 e, caso ocorra o reajuste salarial como previsto, o valor chegará à casa dos R$ 6.832,45.

É importante frisar que, nos anos anteriores, os beneficiários do INSS tinham um ganho real. Isso influenciava positivamente para eles, mas para a economia do país tornava-se negativo, haja vista que desenvolvia um déficit.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais