Tudo Bahia
Portal de Notícias

Dia Mundial da Cerveja: descubra 10 curiosidades sobre essa bebida

A cerveja é uma bebida fermentada consumida há mais de 6 mil anos e já até serviu como moeda de pagamento. Veja mais.

O dia 06 de agosto é celebrado como o Dia Mundial da Cerveja. Por coincidência, em 2021, essa data caiu justamente numa sexta-feira, dando oportunidade para todo mundo “sextar” com estilo. Pensando nisso, nós reunimos 10 curiosidades sobre cerveja para você conhecer mais sobre essa bebida fermentada:

1. Cerveja é uma bebida com mais de 6 mil anos

É isso mesmo que você leu! As primeiras fabricações de cerveja foram registradas a cerca de 6 mil anos na atual região do Kuwait, no Oriente Médio, na antiga Mesopotâmia. Os sumérios, povos que viviam nessa localidade, já consumiam bebidas de cereais fermentados no ano 2.1000 a.C.

2. Mulheres foram responsáveis pela criação da cerveja

Apesar de ser uma bebida muito ligada ao público masculino, as primeiras receitas de cerveja foram criadas por mulheres. Originalmente, o produto surgiu a partir de de grãos guardados em tinas. Esses, enquanto estavam armazenados, sofriam ação do clima e também um processo natural de fermentação.

3. A bebida já foi usada como dinheiro

No antigo Egito, a cerveja era considerada a moeda nacional e era utilizada como pagamento para os trabalhadores das pirâmides. Cada um recebia cerca de 4L a 5L da bebida por dia de trabalho. Historiadores descobriram que, para esses serviçais, era melhor consumir a bebida do que tomar água do Rio Nilo, uma vez que essa era muito poluída.

4. Londres já sofreu uma inundação da bebida fermentada

Quase 1,5 milhão de litros de cerveja já correu solto pelas ruas de Londres, causando a morte de oito pessoas. Isso aconteceu no dia 17 de outubro de 1814, quando o tanque principal da cervejaria The Horse Shoe rompeu. O evento ficou marcado como Beer Flood e contou com ondas de mais de quatro metros de altura da bebida.

5. Cerveja com maior teor alcóolico é da Holanda

A marca holandesa Brouwerij Koelschip criou uma cerveja que possui teor alcóolico de 70%, chamada Koelschip Mystery of Beer. Cada garrafa de 330ml custa € 45, cerca de R$ 277. Ela foi feita para ganhar da Snake Venom, que tem teor alcóolico de 67,5% e era considerada a cerveja mais alcóolica do mundo.

6. Medalha de ouro de maior consumo

Quando o assunto é consumo de cerveja, quem ganha a competição é a República Tcheca. De acordo com uma pesquisa do Bath Hass Group, no ano de 2016, um adulto nesse país consome em torno de 148L dessa bebida fermentada por ano.

7. Maior ressaca do mundo

Cerveja: a imagem mostra caneca de cerveja torta como se estivesse dobrada
Fonte: Pixabay

Quem nunca acordou enjoado e com dor de cabeça depois de encher a cara? Mas apenas um homem escocês conseguiu atingir a marca de quatro semanas de ressaca. Isso aconteceu depois de ele ter consumido 60 pints, equivalente a 34L, de cerveja em quatro dias corridos. Os médicos descobriram que o álcool havia provocado uma trombose cerebral causando uma dor de cabeça incessante.

8. Russos não consideram a cerveja como bebida alcóolica

Os criadores da vodka consideram a cerveja como um tipo de refrigerante, o que faz o seu consumo ser bastante elevado. De acordo com dados da ONU, em 2009, a população da Rússia consumia cerca de 18L de álcool por ano. Só depois disso que o governo local classificou a bebida como alcóolica e restringiu a venda das que tinham mais de 5% de teor alcóolico.

9. Existe uma ciência que estuda cerveja

Parece até brincadeira, mas existe uma ciência específica para estudar essas bebidas fermentadas, contando com áreas da física, química e biologia. O nome para isso é zitologia e consiste em compreender os processos e métodos de produção. Também são pesquisados formatos de estocagem, ingredientes, harmonização e análise sensorial das cerveja.

10. Brasil está no top 3 de produtores da bebida

cerveja: a imagem mostra taça de cerveja em bancada com homem ao fundo fazendo sinal de "joia" com a mão
Fonte: Pixabay

Além de estar entre os países que mais consomem a bebida fermentada, o Brasil fica em terceiro lugar como maior produtor de cerveja do mundo. O dado é do Anuário da Cerveja de 2020, divulgado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Nós ficamos apenas atrás da China e dos Estados Unidos. Em quarto e quinto lugar estão Rússia e Alemanha respectivamente.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais