Tudo Bahia
Portal de Notícias

“Assassino do Zodíaco”: após 52 anos desde a 1ª vítima, serial killer é identificado

O assassino em série atuou na região Norte da Califórnia e sua identidade foi um grande mistério… Até os dias atuais.

Os casos que envolvem serial killer acabam entrando para a história da criminologia e, muitos deles, tornam-se lendas urbanas incentivados e adubados por documentários, filmes e séries. Não foi diferente com o famoso “Assassino do Zodíaco”, que era chamado apenas pelo nome Zodíaco nos EUA.

O assassino em série atuou na região Norte da Califórnia e sua identidade foi um grande mistério até os dias atuais. Agora, um grupo de pesquisadores que envolveu jornalistas, detetives militares e outros fissurados em investigação criminal, denominados de Case Breakers, afirmam que conseguiram identificar o criminoso.

A suposta solução do mistério ocorre após 52 anos desde que o assassino fez sua primeira vítima. O relatório do grupo revelou que, pelo visto, o criminoso se tratava de Gary Poste, falecido em 2018 sem nunca ter sido descoberto e punido pelos assassinatos. A linha de investigação utilizou, sobretudo, os enigmas que o serial killer enviou ao jornal San Francisco Chronicle.

A maioria dava pistas que até então não foram decifradas com clareza. O criminoso zombava da Justiça através dos enigmas e códigos que enviava. A equipe se debruçou sobre esses resquícios da história, mas não se limitou, necessariamente, a eles, buscando evidências criminais e fotos da câmara escura do maníaco.

Umas das evidências é uma foto de Gary que apresentava uma cicatriz no testa, semelhante a do assassino identificada em um esboço do retrato falado do criminoso à época. Uma das deixas para identificação do criminoso é que, em uma de suas cartas, ele elimina as iniciais do nome completo. Após saberem o nome, ficou fácil entender que ele estava decifrando sua identidade.

Gary era um veterano de guerra que trabalhava pintando casas. Aparentemente, não dava sinais de que era o suposto criminoso que aterrorizou o país naquele período. O Zodíaco nunca foi identificado e são atribuídos a ele dezenas de crimes, em um total que ele revela em suas cartas. A partir de 1974, o assassino sumiu e, até esse momento, era uma incógnita.

Dos muitos filmes e documentários que se inspiraram no criminoso, destaca-se Zodíaco (2007) do diretor David Fincher. Nesse filme, ganhou destaque a atuação brilhante de Jake Gyllenhaal. Também teve destaque Robert Downey Jr, o atual célebre “Homem de Ferro”.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais