Tudo Bahia
Portal de Notícias

Rastros de vida muito antiga são identificados em rubi na Groenlândia

Análises apontam que são vestígios de vida unicelular que existiam na Terra há 2,5 milhões de anos. Confira mais detalhes.

Vestígios de vida antiga foram encontrados dentro de um rubi de 2,5 milhões de anos na Groenlândia, território autônomo da Dinamarca. A descoberta foi realizada por cientistas da Universidade de Waterloo, no Canadá. Essa pesquisa foi publicada na revista Ore Geology Reviews na semana passada.

A Groenlândia é um lugar onde são encontrados os mais antigos depósitos conhecidos de rubis. A amostra da pedra preciosa, identificada pelos cientistas, contém grafite (mineral feito de carbono puro). Essas marcas de grafite no rubi sugerem que seja um resíduo de vida antiga.

A rocha foi encontrada pelos cientistas que estudavam a geologia dos rubis na Groenlândia a fim de entender melhor as condições necessárias para sua formação. De modo simples, os rubis são uma variedade vermelha do mineral corindo.

Para se ter uma ideia, o grafite é encontrado em rochas com mais de 2,5 milhões de anos. Nessa época, a Terra era um ambiente escasso em oxigênio atmosférico e vida unicelular existia somente em micro-organismos e algas.

O método usado pelos cientistas, para determinar se o carbono era de origem biológica, foi uma análise química, mais especificamente da composição dos isótopos nos átomos, que compõem o grafite.

Por meio dessa análise, que observou o aumento na quantidade de carbono-12 no grafite, os cientistas concluíram que os átomos de carbono encontrados pertenceram a organismos vivos, provavelmente microrganismos, como as cianobactérias.

Segundo o professor Chris Yakymchuk, especialista em ciências terrestres e ambientais da Universidade de Waterloo, “o grafite dentro deste rubi é realmente único. É a primeira vez que vimos evidências de vida antiga em rochas com rubi”, informou para a CNN.

Além disso, a equipe descobriu que o grafite provavelmente alterou a composição química das rochas ao redor para criar condições favoráveis ao desenvolvimento do rubi que foi encontrado.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais