Tudo Bahia
Portal de Notícias

O que é ghosting em relacionamentos? Entenda o conceito

Responsabilidade afetiva é um termo muito importante atualmente. Saiba mais sobre essas denominações a seguir.

A situação, infelizmente, é clássica: você conhece uma pessoa bacana, começa a conversar com ela, sai para jantar, vai ao cinema, conhece até alguns amigos dela e, de repente, ela simplesmente some do mapa e volta depois de algumas semanas ou até meses, como se nada tivesse acontecido.

Durante esse sumiço, você se pergunta se fez algo errado ou inconveniente, acaba questionando pontos relacionados à sua aparência ou comportamento, mas não identifica nada que possa ter feito com que a outra pessoa desaparecesse.

Por ser uma atitude tão comum, especialmente vinda de homens, esse comportamento foi classificado como ghosting, uma palavra em inglês que faz referência a esse sumiço, como se a outra pessoa fosse um fantasma que, num piscar de olhos, desaparece e nunca mais volta ou retorna algum tempo depois, como se nada tivesse acontecido.

Responsabilidade afetiva

Problemas de relacionamento podem acontecer por diversos fatores, como falta de interesse, recaída pelo ex, problemas familiares, dificuldades financeiras e por aí vai. De qualquer forma, quando nos envolvemos romanticamente com alguém, mesmo que por pouco tempo, é preciso que tenhamos responsabilidade afetiva.

Esse conceito de responsabilidade afetiva tem a ver justamente com o comprometimento com o outro. Se depois de alguns encontros você perdeu o interesse, tudo bem! O importante é avisar a pessoa com a qual você havia se envolvido, para que ela saiba que o relacionamento não tem futuro e possa, também, seguir com a vida normalmente.

Pessoas que praticam ghosting podem fazer isso porque não gostam do ato de terminar com alguém ou porque querem deixar a pessoa agoniada com a espera ou disponível caso, daqui a algum tempo, o indivíduo mude de ideia e queira tentar de novo.

A importância de reconhecer padrões

Aprender a reconhecer esse comportamento é fundamental para que possamos avaliar melhor nossos relacionamentos e entender que, mesmo que isso seja difícil, às vezes a outra pessoa simplesmente não se importa com o fato de que estamos esperando uma resposta ou qualquer outro tipo de contato.

Se a pessoa sumiu sem dar explicações, é muito provável que ela já tenha partido para outra ou tenha perdido o interesse. Infelizmente, nem todas as pessoas têm responsabilidade afetiva e, por isso, podem agir de forma fria e, inclusive, cruel.

O melhor, nessas situações, é não insistir na relação nem ceder às possíveis chantagens e tentativas de reaproximação, que podem acontecer eventualmente. Sempre que se relacionar afetivamente com alguém, deixe suas intenções claras e peça para que a outra pessoa seja honesta, inclusive se quiser partir para outra.

Se preciso, busque ajuda psicológica.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais