Tudo Bahia
Portal de Notícias

5 coisas que os tutores fazem e os cachorros não gostam nenhum pouco

Respeitar os limites do seu pet é uma ótima forma de demonstrar seu amor.

Muitas famílias enxergam em seus cachorrinhos simplesmente mais um membro, alguém que teria as mesmas necessidades que seus tutores ou que poderia ser tratado da mesma forma. Assim, você acaba fazendo muitas coisas que seu pet não gosta muito.

Agir como se o animal fosse humano é tão comum quanto errado, quando se trata de cachorros. Afinal, muitas pessoas se apegam demais e acabam esquecendo que eles são uma espécie muito diferente da nossa e, justamente por isso, precisam de cuidados e tratamentos distintos.

Por isso, devemos sempre pensar no que o cãozinho precisa, mesmo que isso faça com que não possamos tratá-lo exatamente da maneira com a qual gostaríamos, porque esse tipo de renúncia também é uma prova de amor.

Confira a seguir algumas coisas que podem irritar um cachorro e são muito comuns:

1. Não ter regras claras

Uma das coisas que os cães mais gostam é de rotina, porque essa previsibilidade facilita a compreensão do que fazer para agradar o dono, então, se alguma coisa for proibida, ou permitida, deve ser assim sempre.

Por exemplo: caso o pet possa entrar na sua casa, não é recomendável proibir isso sempre que tiver uma visita, porque ele não irá entender o porquê.

2. Volume muito alto

Ouvir som alto, ou deixar a televisão com um volume elevado, é algo que desagrada os cachorros, pois a audição dos canídeos é muito sensível. Por esse motivo, caso não respeite essa regra, eles podem ficar com dores de cabeça, irritadiços ou até sofrer lesões no aparelho auditivo.

3. Puxar a cauda

A maioria dos cachorros odeia que peguem em suas caudas. O motivo ainda não é um consenso, mas pode envolver a fragilidade da região ou traumas de quando eram filhotes.

4. Visitas de outros pets

Quando combinar uma visita, o melhor é pedir para que seu amigo não traga o pet dele. Cachorros são muito territorialistas, então, quando algum animal estranho se aproxima, é estresse na certa.

5. Assoprar o focinho

Essa atitude pode ser extremamente incômoda para seu animal de estimação, porque a área é muito sensível e o olfato deles é muito aguçado. Nada de fazer o focinho de seu cachorro de vela, hein!

Caso queira um acompanhamento mais próximo para saber se está fazendo tudo certinho com seu amado cachorrinho, visite regularmente uma médica veterinária.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais