Tudo Bahia
Portal de Notícias

Apple lança pulseiras especiais pelo mês do orgulho LGBTQ

A empresa de eletrônicos, Apple, lançou duas pulseiras especiais em comemoração ao mês do orgulho LGBTQ que será em junho.

A Apple lançou uma nova coleção de pulseiras especiais em comemoração ao mês do orgulho LGBTQ (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Queers), que é junho. Essa já é uma tradição da empresa de eletrônicos que criou as primeiras pulseiras arco-íris do Apple Watch em 2016. Na época, apenas os funcionários que participaram da parada gay receberam o item como presente.

No ano seguinte, a nova leva do produto foi comercializada e para 2020 o público também poderá comprar. Dessa vez, entre as pulseiras comemorativas, a Apple traz uma edição esportiva criada em parceria com a Nike. Toda branca e com furinhos coloridos, essa versão é mais clean que a de arco-íris, mas ainda assim traz as cores da bandeira LGBTQ.

Nomeada de LGBTQ friendly, a pulseira já pode ser adquirida no site da Apple pelo valor de US$ 49. Segundo a descrição do produto, grupos que lutam pelos direitos LGBTQ receberão apoio financeiro com as vendas. Além das pulseiras especiais, a empresa de eletrônicos também lançou mostradores do Apple Watch em três modelos coloridos, chamados de Pride (orgulho).

Apple lança pulseiras especiais pelo mês do orgulho LGBTQ
Foto: Reprodução/Apple.

Por que junho é o mês do orgulho LGBTQ?

De acordo com o professor Ricardo Alexino Ferreira, a escolha de junho como mês do orgulho LGBTQ faz referência a um acontecimento de 1969 em Nova York. O evento, conhecimento como “a revolta de Stonewall”, ocorreu em 28 de junho quando um grupo de gays resolveu enfrentar a violência que sofriam por policiais.

Durante a madrugada, vários homossexuais se reuniram no bar Stonewall e ficaram ali por vários dias montando resistência. Do lado de fora, uma multidão de pessoas LGBTQ se juntou em apoio. A proporção da luta ideológica foi tamanha que o dia 28 de junho passou a ser O Dia Internacional do Orgulho Gay. Sendo assim, junho passou a ser considerado o mês do orgulho LGBTQ.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais