Tudo Bahia
Portal de Notícias

Turismo na Chapada Diamantina está seguindo protocolos

Setur e Sesab criaram protocolos específicos para cada uma das atividades de turismo na Chapada Diamantina, municípios ainda se preparam para reabertura total.

A Secretaria de Turismo (Setur) do Governo da Bahia informou que a Chapada Diamantina está recebendo visitantes, seguindo todos os protocolos de biossegurança necessários. A volta das atividades foi possível graças a colaboração da Setur com a Sesab – Secretaria de Saúde da Bahia. As cidades de Lençóis e Mucugê foram as primeiras a retomar com o turismo na Chapada Diamantina. As orientações também incluem cuidados para o contato com as comunidades tradicionais, a fim de evitar o aumento da disseminação da COVID-19.

O destino é um dos mais procurados por turistas no estado, e por ser ao ar livre tem sido mais priorizado em vista do momento atual de pandemia. Os protocolos de biossegurança contemplam hospedagem, alimentação, agências de receptivo, atrativos e transportes turísticos, acampamentos e guias/condutores. Além disso, eles foram pensados para abranger todos os segmentos do turismo na Chapada Diamantina.

O chefe de Gabinete da Setur, Benedito Braga disse que “as pessoas voltaram a viajar após meses de isolamento social. Mais do que nunca, agora é preciso oferecer segurança. A Chapada é um dos lugares mais propícios para visitar em contato com a natureza, seguindo recomendações das entidades de saúde e turismo”. Além do ecoturismo, diversos atrativos históricos, culturais e gastronômicos fazem parte do destino.

Retomada do turismo na Chapada Diamantina

Os últimos grandes feriados, de Nossa Senhora Aparecida no dia 12 de outubro e de Finados no dia 2 de novembro, atraíram grande fluxo de pessoas para a Chapada Diamantina. Só no município de Lençóis foram ocupados 60% dos leitos disponíveis na rede de hotelaria nessas duas datas.

Em Mucugê no feriado de 12 de outubro, 100% leitos disponibilizados nos hotéis e pousadas foram ocupados. A cidade já está com sua rede de hotelaria com todos as acomodações liberadas. No feriado de Finados, o Conselho Municipal de Turismo (Comtur) registrou que nas pousadas o índices variaram entre 40% e 100% dos quartos ocupados.

Municípios como Palmeiras ainda estão se preparando para a retomada gradativa das atividades de turismo na Chapada Diamantina. A previsão de abertura na cidade é para o dia 20 de novembro, por enquanto estão sendo feitas vistorias e fiscalizações no comércio no Vale do Capão.

Protocolos

Os novos protocolos de biossegurança para o turismo na Chapada Diamantina levou em consideração diversas especificidades de cada atividade desenvolvida no destino, como as práticas aquáticas; cicloturismo, observação da vida silvestre, rapel e espeleoturismo (visitação a cavernas) implicam em cuidados especiais como o não compartilhamento de máquinas fotográficas e uso de cajados para apoio durante caminhadas e escaladas. Além de ser necessário o uso de produtos especiais para desinfecção de objetos como binóculos e limpeza de utensílios alugados.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais