Tudo Bahia
Portal de Notícias

Museu de Arte da Bahia lança seu acervo digitalmente

A partir de hoje, 20 de novembro de 2020, o Museu de Arte da Bahia (MAB) está com acervo digital disponível no Google Arts & Culture. Com isso, o museu se torna o primeiro no estado a ter seu acervo na plataforma da Google que é usada na divulgação das mais importantes manifestações culturais do mundo. As informações são da assessoria de comunicação do MAB.

Segundo o portal do Governo da Bahia, o trabalho de inserção do acervo digital do MAB na plataforma foi feito em conjunto pelas equipes de Pesquisa, Museologia e Comunicação do Museu. Quem dirigiu o trabalho foi a museóloga, Ana Liberato, que disse que mais de 15 mil obras agora estão disponíveis ao público para visitação virtual.

Acervo digital do Museu de Arte da Bahia

O Museu de Arte da Bahia é vinculado ao Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac) e à Secretaria de Cultura do Estado (Secult). No acervo digital, disponibilizado no Google Arts & Culture, serão primeiramente expostas três mostras.

Uma delas é a Coleção Lopes Rodrigues, que dá destaque para as obras de João Francisco Lopes e Manoel Lopes, dois pintores do século XIX, muito importantes para a arte baiana. Entre suas principais obras estão “A República”, “Dois Véus” e “Orquestra Ambulante”. Os dois artistas plásticos, que eram pai e filho, ainda pintavam naturezas mortas e paisagens.

A segunda mostra tem como nome “O Negro e as Artes Plásticas no MAB”, em homenagem ao Dia da Consciência Negra comemorado hoje, 20 de novembro. A exposição apresenta ao público grandes obras de artistas como Carybé, Emanoel Araújo e outros.

A terceira exposição disponível é a “Vistas e Igrejas de Salvador”, com obras dos artistas Presciliano Silva, Alberto Valença, João Alves, Mendonça Filho e outros. As pinturas retratam paisagens, igrejas e marinhas da capital. As obras representam marcas do passado da Bahia, que evocam as histórias da antiga Salvador.

MAB

O Museu de Arte da Bahia (MAB) foi fundado em 1918 e fica na capital Salvador. Foi um dos dez primeiros museus inaugurados no Brasil e é o mais antigo da Bahia. Surgiu como uma depositária do patrimônio histórico baiano e depois de alguns anos ficou mais voltado às obras de artes visuais e decorativas.

Seu acervo, com mais de 15 mil obras, possui um grande valor histórico e é formado por diversas coleções. Algumas das mais antigas são as de Jonathas Abbott e de Góis Calmon de meados do século XIX. O Museu de Arte da Bahia ainda possui um grande acervo documental com fotografias, mapas e correspondências.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais