Tudo Bahia
Portal de Notícias

Salvador: confira 6 curiosidades interessantes sobre a capital da Bahia

“Ah, que bom você chegou, bem-vindo a Salvador, coração do Brasil!” – Banda Eva.

Terra de muita beleza natural e arquitetônica, recheada de cultura e de riquezas, Salvador concedeu ao Brasil a honra de ser sua primeira capital. Desde então, é quase dever cívico de todo brasileiro desbravar essa cidade maravilhosa.

Mas enquanto esse dia não chega, que tal conhecer alguns fatos interessantes sobre a “Roma Negra”?

1. Quem nasce em Salvador é o quê?

Pra começar, podemos dizer que são sortudos. Mas, além disso, são soteropolitanos. Pode parecer estranho, mas é simplesmente uma variação da tradução de “Cidade de Salvador” para o grego (Soterópolis).

2. Uma cidade inteligente

A capital baiana é a única cidade nordestina que figura no IESE Cities in Motion Index, ranking internacional das cidades mais inteligentes. No Brasil ainda estão na lista São Paulo, Curitiba, Brasília e Belo Horizonte.

3. Lugar de doutores

Hoje, parte da estrutura da Universidade Federal da Bahia (UFBA), a faculdade de medicina localizada em Salvador foi a primeira instituição de ensino superior do Brasil. E, quando foi fundada, em 1808, recebeu o nome de Escola de Cirurgia da Bahia

4. Cidade dos povos negros

Salvador, segundo a PNAD contínua de 2017, possui cerca de 82.1% de sua população composta por pretos e pardos, sendo assim a cidade mais negra fora de África.

5. Repleta de igrejas

Existem, segundo a Arquidiocese de Salvador, 372 igrejas católicas espalhadas pela área do município, muitas delas com uma riquíssima arquitetura barroca.

6. O maior carnaval

Em 2004, o Guiness Book reconheceu o carnaval soteropolitano como o maior do mundo. Naquele ano, passaram pelas ruas da cidade, durante todos os dias da festa, mais de dois milhões e meio de pessoas.

Além dessas curiosidades, cada rua ou viela de Salvador tem suas histórias, cada igreja ou terreiro suas belezas. Então, a melhor coisa para aproveitar a sorte de ter essa cidade no seu país é visitá-la, mesmo que para isso precise fazer um pé de meia. Pode ter certeza de que vale a pena.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais