Tudo Bahia
Portal de Notícias

Calendário da segunda parcela do auxílio emergencial é divulgado

Segunda parcela poderá ser paga por 50 bancos e é esperada por dezenas de milhões de brasileiros.

Os milhões de brasileiros que esperam o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial já podem verificar quando irão receber o benefício. O calendário foi divulgado nesta sexta-feira (15/05), sendo que os primeiros pagamentos vão ser realizados no dia 18 de maio de 2020.

O pagamento da segunda parcela foi adiantado pelo ministro da Cidadania Onyx Lorenzoni e depois confirmado pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. Porém, o dia não havia sido confirmado. As datas saíram no Diário Oficial da União.

Para facilitar o pagamento, os beneficiados foram divididos em três grupos: Bolsa Família, Poupança Social (uso digital) e Poupança Social (saque em espécie) e demais públicos. Confira os calendários divulgados pelo governo federal:

Calendário da 2ª parcela (saque) – Bolsa Família

Veja o calendário dos beneficiados do Bolsa Família:

Calendário da segunda parcela do auxílio emergencial

Calendário da 2ª parcela (uso digital) – Poupança Social”

Confira as datas para quem utiliza a poupança social:

Calendário da segunda parcela do auxílio emergencial

Calendário da 2ª parcela (saque) – Poupança Social e demais públicos

Por fim, as datas dos outros beneficiados:

Calendário da segunda parcela do auxílio emergencial

Bancos privados e BB poderão fazer o pagamento

Para evitar filas e aglomerações, além de consequentemente agilizar o processo, outros bancos poderão fazer o pagamento do auxílio emergencial. Agora, além da Caixa, 50 instituições financeiras disponibilizarão o dinheiro.

Alguns dos bancos são o Itaú, Santander, Bradesco, Banco Inter, Nubank e o Banco do Brasil (BB). Ainda será possível sacar o dinheiro no Banco 24 horas que possui vários caixas eletrônicos. Portanto, existem várias opção para receber a segunda parcela do auxílio emergencial.

Ainda há tempo de pedir o auxílio

Se você ainda não pediu o auxílio e faz parte do grupo que possui direito, ainda é possível solicitar o benefício. Segundo o governo federal, os interessados possuem até o dia 02 de julho de 2020 para fazer o pedido. É preciso salientar que mesmo que o pedido tenha sido feito após o pagamento de alguma parcela, será garantido o pagamento de todas as partes.

Sobre o auxílio emergencial

O auxílio emergencial foi aprovado pelo Congresso e sancionado pela presidência da república. O objetivo é diminuir os impactos socioeconômicos provocados pela pandemia do novo coronavírus.

Ficou estabelecido que uma parcela da população brasileira teria direito ao auxílio. Podem receber o dinheiro trabalhadores autônomos, sem renda fixa, informais, desempregados, mães solteiras (dentro dos requisitos) e microempreendedores individuai brasileiros.

Está previsto que três parcelas de R$ 600,00 serão pagas ao longo de três meses, sendo que o dinheiro vem de recursos da União. Já existem avaliações de se estender o benefício.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais