Tudo Bahia
Portal de Notícias

Antecipação do pagamento do FGTS pode ser garantia em linha de empréstimo

A Caixa Econômica Federal (CEF) antecipou o pagamento do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), na modalidade saque-aniversário. Agora é possível antecipar até três parcelas como garantia em linha de crédito.

“O empréstimo consiste em uma antecipação do valor do saque disponibilizado no mês do seu aniversário. O saldo do FGTS é utilizado como garantia da operação, trazendo simplicidade e agilidade para a contratação”, informou a Caixa.

Os trabalhadores terão até três anos de pagamento do recurso para crédito no valor mínimo de R$ 2 mil.

Antecipação do pagamento do FGTS como garantia de empréstimo

A grandes vantagens do empréstimo, com garantia da antecipação do pagamento do FGTS, são as taxas de juros mais baratas, destinadas às pessoas físicas, de apenas 0,99% ao mês. “Você pode antecipar um, dois e até três anos. E o valor também é variado, até o limite do saldo, tendo no mínimo R$ 2 mil”, afirmou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, durante live.

Dentre as vantagens previstas, estão:

  • Juros por mês: 0,99%
  • Juros por ano: 12,54%
  • Valor mínimo do empréstimo: R$ 2 mil
  • Antecipação de até três anos do benefício.
  • Facilidade: Crédito rápido e de fácil contratação
  • Praticidade: Pagamento automático e em parcela única
  • Rapidez: Dinheiro na conta no dia seguinte à contratação
  • Conveniência: Não pesa no orçamento pois não tem prestação mensal

Para solicitar o empréstimo, será preciso ser maior de 18 anos ou emancipado, possuir conta poupança ou conta corrente na Caixa Econômica e estar com CPF regular .

Por isso, de acordo com o banco “O crédito é rápido e fácil, sem burocracia. Basta acessar o Internet Banking, simular, contratar e utilizar o recurso”.

O uso dos saques do FGTS como garantia para empréstimos no mercado está previsto nas novas regras aprovadas pelo Congresso no ano passado.

760 mil empréstimos consignados com o FGTS

A Caixa Econômica Federal já realizou empréstimos consignados para um total de 760 mil trabalhadores usando como garantia do pagamento do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

De acordo com o secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, até dia 15 de setembro, o volume garantido foi de aproximadamente R$ 2,2 bilhões. “Conversei com a Caixa há pouco e eles me informaram que 760 mil trabalhadores fizeram o uso do crédito consignado com garantia do FGTS. Essa nova modalidade de crédito totalizou R$ 2,2 bilhões em garantias”.

Além disso, ele incentivou que outros bancos utilizassem a mesma modalidade para oferecer crédito “Estamos impulsionando o mercado de consignado com o FGTS. É uma maneira mais parada para o consumidor. Convido os outros bancos a fazerem o mesmo”, completou.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais