Tudo Bahia
Portal de Notícias

Parcelas de financiamento imobiliário da Caixa: LIBERADOS novos descontos

A Caixa confirmou a não renovação da pausa no pagamento das parcelas de financiamento imobiliário. No lugar, existirá um programa de repasses parciais.

Na última quarta-feira (14/10), o presidente da Caixa anunciou que o banco não irá renovar a pausa no pagamento das parcelas de financiamento imobiliário.

A medida havia sido concedida no início da pandemia e foi renovada em três vezes. No lugar, será instituído um programa de pagamentos parciais.

Os clientes poderão repassar 50% da mensalidade durante três meses. Além disso, dependendo do perfil dos devedores, será possível pagar de 50% a 75% do valor mensal ao longo de até seis meses. Isso não significa, no entanto, que a Caixa concederá descontos perante a quantia total das parcelas.

Basicamente, os descontos serão de:

  • Desconto de 25% por seis meses;
  • Desconto de 50% por três meses.

Os valores em aberto deverão ser realizados em momento posterior, desde que não extrapole o tempo restante de contrato. Acompanhe a matéria completa e fique por dentro de mais detalhes sobre as parcelas de financiamento imobiliário da Caixa.

Não se esqueça de conferir outros conteúdos de nosso site. Veiculamos notícias sobre o Brasil e o mundo!

Parcelas de financiamento imobiliário da Caixa: novas medidas anunciadas

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, também anunciou novas medidas para o crédito imobiliário. Agora, os clientes poderão contar com redução de juros no financiamento da casa própria.

As taxas de crédito para pessoas físicas, especificamente na modalidade SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo), caíram 0,5 ponto percentual. Essa mudança começa a valer a partir de 22 de outubro de 2020 apenas para novos financiamentos.

Veja mais detalhes:

  • Os juros mais baixos foram de 6,5% + TR (taxa referencial) para 6,25% + TR;
  • O teto, por sua vez, passou de 8,5% + TR para 8% + TR.

Além do mais, a Caixa Econômica Federal confirmou outra medida relacionada à carência em novos financiamentos da casa própria. O presidente da instituição bancária, Pedro Guimarães, disse que o prazo de seis meses foi renovado.

O benefício valerá para as novas contratações feitas até o dia 30 de dezembro de 2020. Assim sendo, os compradores de novos imóveis poderão aguardar até seis meses para começar a pagar o financiamento. Dentro desse período, eles pagarão apenas seguros e taxa de administração dos contratos.

LEIA TAMBÉM

Aplicativo Jeitto empresta dinheiro para pagar contas; saiba como funciona

Com a pandemia ocasionada pelo novo coronavírus, muitos brasileiros passaram a realizar mais transações em plataformas virtuais. O aplicativo Jeitto, que concede crédito para pagar contas e efetuar compras online, registrou aumento…

Clientes do cartão de crédito Itaú têm acesso a novas funcionalidades

O Banco Itaú lançou novas funções para os seus cartões de créditos. A instituição brasileira, que existe desde 1945, é hoje a maior da América Latina. Dentre suas novidades para a linha de crédito estão: antecipação de parcelas, a…

Auxílio emergencial paulistano: benefício é aprovado pela Câmara Municipal

Na última quinta-feira (22/10), a Câmara Municipal de São Paulo aprovou o projeto de lei de nº 620/2016. Essa medida, idealizada pelo vereador Eduardo Suplicy, tem o objetivo de instituir o auxílio emergencial paulistano de R$ 100 para os…

Pix: Banco Central autoriza que FGTS seja recolhido pelo meio de pagamento

Na última quinta-feira (22/10), o Banco Central informou que o Pix passará a ser uma opção para recolhimento de contribuições, como é o caso do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Isso acontecerá porque a instituição fechou um…

Efeitos da pandemia na educação: estudo mostra aumento na desigualdade de acesso

Na última terça-feira, dia 20 de outubro, A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou uma pesquisa sobre os efeitos da pandemia na educação brasileira. Os dados apontam que os estudantes do país tiveram menos horas/aula do que o estabelecido…

Isenção do IPVA 2020: veja regras e formas de consultar a situação

A porcentagem do IPVA (Imposto sobre Propriedade Veicular Automotiva) é calculada anualmente, como no caso de São Paulo. Para os motoristas que residem nesse estado, por exemplo, uma taxa de 4% é cobrada aos carros movidos à gasolina e…

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais