Tudo Bahia
Portal de Notícias

Sobre o PIX: entenda como funciona para evitar problemas!

Foram várias as denúncias recebidas referentes a cadastros sem autorização realizados em diversos bancos sobre a nova ferramenta de pagamentos instantâneos. Com isso, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) divulgou, na última quarta-feira (21), um alerta de golpes sobre o PIX.

Como em outros golpes digitais, os criminosos atuam com o envio de links falsos por meio do WhatsApp, SMS, e-mail e redes sociais. Neste contato, eles se passam pelas instituições bancárias, solicitando aos clientes que façam um suposto cadastro da chave PIX. Porém, se trata de link falso, que rouba os dados pessoais e financeiros.

Além disso, a entidade detectou outro tipo de golpe, que não é tão comum. Nele, o cliente recebe uma ligação, identificada como da central de atendimento do seu banco. No contato são solicitadas informações financeiras, para supostamente efetuar o cadastro das chaves do sistema de pagamento eletrônico.

Com isso, para evitar esse tipo de golpe, a Febraban orienta os correntistas que realizem suas transações por meio de canais oficiais.

Sobre o PIX: cadastro deve ser feito em canais oficiais!

Para não ter os seus dados roubados é importante que o cliente esteja atento. De acordo com a Febraban, o cadastro do PIX deve ser feito diretamente nos canais oficiais dos bancos ou fintechs, seja via App, internet banking, nas agências ou por contato com a central de atendimento, feito pelo próprio usuário.

É importante que o usuário procure os canais de atendimento que já possui o hábito de utilizar. Por isso, ao receber links por mensagens, não abra. Procure os canais de atendimento oficiais.

É importante estar atento também quanto ao QR Code. A forma de aproximação também pode ser realizada para dar golpes. Como forma de prevenção, a pessoa precisa confirmar se o QR Code veio da empresa que fará a transferência.

Além disso, sempre atualize o aplicativo e o sistema operacional do seu celular para a versão mais recente. Com isso, o aparelho terá menos falhas a serem exploradas.

O que é o pagamento PIX?

O Pix é um novo meio de pagamento instantâneo criado pelo Banco Central, que vai ser uma nova opção ao lado de TED, DOC e cartões para pessoas e empresas fazerem transferências de valores, realizarem ou receberem pagamentos. Essa opção será mais rápida e barata.

Com o Pix, as pessoas e empresas podem fazer essas transações em menos de 10 segundos, usando apenas aplicativos de celular.

Segundo o Banco Central, as principais vantagens do Pix são:

  • O serviço estará disponível 24 horas do dia, todos os dias, inclusive finais de semana;
  • As transações serão concluídas em menos de 10 segundos;
  • O Pix será gratuito para pessoas físicas, inclusive MEIs (microempreendedores individuais).
LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais