Tudo Bahia
Portal de Notícias

Ex-loira do Tchan, aprovada em concurso, vira Policial Rodoviária

A ex-loira do Tchan, Silmara Miranda, que é jornalista de formação, está de profissão nova. Ela foi aprovada no concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF), aos 39 anos, para o cargo de Agente Administrativo no estado de Santa Catarina. A ex-dançaria integrou o grupo É o Tchan entre os anos de 2003 e 2007, substituindo Sheila Mello.

A cerimônia de posse no cargo aconteceu na última sexta-feira, 06 de novembro, em Florianópolis, no estado de Santa Catarina. A solenidade contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro.

Silmara compartilhou alguns momentos em seu Instagram. Um deles, ao lado de uma viatura da PRF, usando o uniforme da corporação. Na legenda da imagem, ela escreveu a frase “Quando os sonhos se realizam”, em inglês.

No segundo post, ela aparece ao lado do presidente Jair Bolsonaro na formatura. “Sim, estudei muito para pertencer a PRF. Não foi fácil, mas valeu a pena cada gota de lágrima e suor. A PRF é incrível”, festejou ela, que reside atualmente em Florianópolis.

Ex-loira do Tchan Silmara Mirada: você se lembra dela?

A ex-dançarina nasceu no Rio de Janeiro e foi a escolhida para substituir Sheila Mello no É o Tchan. Na época, o concurso foi realizado no programa Domingo Legal, que era apresentado por Gugu Liberato, no SBT.

Com a ida para o grupo, a loira se mudou para Salvador e permaneceu entre os anos de 2003 e 2007.

Após deixar o grupo, Silmara passou a se dedicar à Comunicação Social, se graduou em Jornalismo e trabalhou como assessora de imprensa e em uma emissora de rádio da capital baiana, Salvador.

A loira se casou, teve uma filha, se divorciou e trocou a capital baiana por Florianópolis, em Santa Catarina, onde reside atualmente.

Agente Administrativo na PRF

A função de Agente Administrativo prevê subsídio de R$ 4.022,77, contando com gratificação por desempenho de atividade de apoio técnico-administrativo. Contudo, esses valores podem passar por reajustes. Além disso, é possível que incida adicional para aqueles que trabalharem na região fronteira.

Os aprovados na carreira de Agente da PRF são responsáveis por prestar apoio técnico à Polícia Rodoviária Federal e realizar atividades administrativas, de nível intermediário, relacionadas às competências legais da Instituição.

Um novo concurso público está previsto para a Polícia Rodoviária Estadual, que pode ofertar diversas vagas pelo Brasil nos cargos de Policial Rodoviário Estadual e Agente Administrativo. Duas mil vagas são aguardadas para 2021, saiba mais detalhes aqui.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais