Tudo Bahia
Portal de Notícias

Como funciona o sistema de totalização de votos nas eleições do Brasil?

Grande foi a expectativa sobre o resultados das eleições presidenciais dos Estados Unidos entre Joe Biden e Donald Trump. Diferentemente dos brasileiros, a população norte-americana leva dias para conhecer o resultado final do pleito. No Brasil, os votos são examinados três vezes antes de entrarem para o sistema de totalização de votos e o resultado sai no mesmo dia.

A votação no Brasil é realizada por meio das urnas eletrônicas que, assim que é encerrada, às 17h do dia da eleição, o presidente de cada seção eleitoral fecha a coleta dos votos e imprime, pela urna eletrônica, o Boletim de Urna (BU).

A partir daí, o boletim aponta as informações sobre a quantidade de votos em cada candidato e legenda, além da totalização de quantas pessoas votaram naquele dia.

O sistema de totalização de votos

Assim que a votação é encerrada, entra em ação o sistema de totalização de votos, que é a soma de cada boletim das urnas. A partir daí é verificada a mídia de memória e, posteriormente, os dados são encaminhados ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), em Brasília.

Diferentemente das eleições anteriores, em 2020 todo o processo de totalização de votos ocorrerá de forma centralizada no TSE, com o intuito de oferecer mais segurança no processamento dos votos, que ocorrerá na sala-cofre do órgão. Dessa forma, os dados não serão transmitidos ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do respectivo Estado.

Os dados da urna eletrônica, que são uma espécie de pen drive com dados codificados que só podem ser lidos por chaves do TSE, são retirados das seções e levados a um local da zona eleitoral, onde são abertos.

Esses dados só podem ser lidos pelos equipamentos da Justiça Eleitoral. Logo após a contagem dos votos em cada zona eleitoral, o TSE checa novamente os dados para inclui-los na totalização dos votos.

Eleições 2020!

As eleições 2020, em razão da pandemia ocasionada pela COVID-19, serão realizadas nos dias 15 de novembro (primeiro turno) e 29 de novembro de 2020 (quando houver segundo turno nas cidades com mais de 200 mil eleitores), das 07h às 17h.

Além disso, vale lembrar que todas as medidas para evitar a proliferação do novo coronavírus estão sendo adotadas. Algumas delas são o uso de máscaras (obrigatório nos locais de votação), uso do álcool em gel e o distanciamento social. Fique atento para não ser impedido de acessar o seu local de votação!

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais