Tudo Bahia
Portal de Notícias

Aposentadoria do INSS: quem tem direito ao adicional de 25%?

Foi anunciado pelo governo federal que a aposentadoria do INSS terá um adicional de 25%. Todavia, nem todos os beneficiários poderão receber os novos valores. Portanto, confira nossa matéria e saiba quem tem direito ao aumento.

Quem tem direito ao adicional de 25%?

De acordo com o INSS, podem receber o dinheiro, beneficiários que se enquadrem em uma das características seguintes de invalidez:

  • Quem estiver em condição de paralisia de dois membros (superiores ou inferiores);
  • Pessoa que perdeu pelo menos nove dedos das mãos;
  • Beneficiário que perdeu uma das mãos ou dois pés;
  • Quem apresentar cegueira total;
  • Pessoa que apresenta alteração das faculdades mentais;
  • Quem estiver em situação de leito permanente;
  • Beneficiário incapaz permanente para atividades diárias;
  • Perda de um membro superior e outro inferior (apenas quando for impossível a prótese).

É preciso ter comprovação médica feita pelo próprio INSS para ser considerado aposentado por invalidez.

Motivo do aumento

O motivo do adicional de 25% na aposentadoria do INSS se deve ao auxílio-acompanhante. Este benefício é dado a quem precisa de um acompanhante diariamente, pois é considerado inválido. Como existem despesas e custos para o acompanhante, o dinheiro do governo tenta, de certa forma, reduzir tais impactos.

Não é necessário que o acompanhante seja um enfermeiro ou profissional da área. Um parente pode ser considerado acompanhante. Para isso, o INSS exige que haja algum tipo de comprovação de que a pessoa vem ajudando o beneficiário.

Como solicitar o aumento da aposentadoria do INSS

Segundo o INSS, novos beneficiários que se enquadrem em uma das situações que foram descritas ao longo da matéria terão o adicional de 25% inclusos automaticamente. Todavia, quem já é beneficiário precisa solicitar o aumento.

Portanto, é preciso fazer o pedido por meio do aplicativo Meu INSS (disponível para iOS e Android) ou pelo telefone 135. São exigidos os seguintes documentos:

  • CPF;
  • Documento de identificação com foto;
  • Termo de representação legal;
  • Documentos médicos que comprovem que o beneficiário necessita de um acompanhante.

Pelo telefone, o usuário irá ser instruído pelo atendente do INSS. Pelo aplicativo, siga os passos abaixo:

  • Faça login no Meu INSS;
  • Vá até a opção “Agendamentos/Requerimentos”;
  • Em seguida, clique em “Novo Requerimento”;
  • Pesquise pela palavra “acréscimo”;
  • Irá aparecer a opção “Solicitação de Acréscimo de 25%”. Clique nela;
  • Pronto. Agora, basta acompanhar o pedido no aplicativo.
LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais