Tudo Bahia
Portal de Notícias

Em novo golpe, criminosos prometem limpar nome de endividados em até 72 horas

A cada cinco segundos, um golpe é aplicado no Brasil. Entenda como isso é feito e veja como se proteger.

Na medida em que golpes comuns são desmascarados, novas estratégias de fraude passam a ser planejadas por quadrilhas espalhadas pelo país e em outras regiões do mundo. Por isso, é fundamental prestar atenção aos sinais clássicos desse tipo de emboscada e se atualizar a respeito do assunto.

Um dos golpes mais recentes atrai pessoas endividadas e que desejam voltar a ter o nome limpo. Em uma matéria veiculada pelo Fala Brasil, jornal da Record TV, duas vítimas relataram como foram enganadas de forma semelhante. Em ambos os casos, por criminosos que propuseram formas fáceis de limpar o nome no Serasa.

Acordos falsos e prejuízo financeiro

No primeiro caso exibido pela reportagem, a vítima explicou que desejava se livrar do “nome sujo” e aceitou uma proposta de regularização que recebeu de uma quadrilha, por meio de uma ligação telefônica. Sem saber que se tratava de um golpe, a mulher foi instigada a aceitar um acordo e pagar R$ 560 para quitar uma dívida de R$ 2.560, com a promessa de que seu nome ficaria limpo em 72 horas.

Ela chegou a duvidar da idoneidade do acordo. Ao entrar no site que estava informado no boleto, deixou de achar que se tratava de um golpe, pois a página da internet era extremamente semelhante ao site oficial da Serasa. A própria empresa explicou que os criminosos roubam as características visuais do site oficial.

Esses tipos de fraudes são muito comuns — a cada cinco segundos um golpe é aplicado no Brasil —, e a própria Serasa deixou claro que não procura pessoas para fazer acordos, seja por mensagens ou ligações telefônicas. O site oficial da empresa é: www.serasa.com.br. Caso você seja vítima de um golpe, é recomendado fazer uma denúncia e registrar boletim de ocorrência.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais