Tudo Bahia
Portal de Notícias

Afinal de contas, colocar CPF na nota aumenta os níveis do score? Entenda

Ao pedir seu CPF na nota fiscal, você colabora com o governo do seu estado, mas não influencia em nada sua relação com o mercado de crédito.

Manter o CPF na nota fiscal é muito bom para colaborar com o fisco em seu estado. Em alguns casos, até concorrer a premiações como ocorre na Bahia. Mas, para quem acha que colocar CPF na nota aumenta o score, isso é apenas um engano.

O que é CPF na nota?

Quando alguém te pergunta se deseja o Cadastro de Pessoa Física (CPF) na nota fiscal, isso significa que, ao lhe passar a nota da compra, ela incluirá seu dado de cadastro como pessoa física, comprovando sua compra daquele respectivo produto ou serviço.

Esse é um mecanismo dos governos estaduais para ter um controle sobre a tributação fiscal do comércio. É o famoso Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS. Assim, ocorre um combate a sonegação dos impostos. Vários estados possuem um programa de CPF na nota fiscal, entre eles São Paulo, Bahia, Rio de Janeiro, Minas Gerais e outros.

O que é o score de crédito?

Já o score de crédito é uma espécie de “currículo” do consumidor e sua relação com o mercado de crédito. Ele avalia a reputação do indivíduo com este respectivo mercado e como movimenta-se com pagamentos e hábitos. O score possui uma escala de pontuação que determina para cada pessoa como está sua relação de compromissos de pagamentos.

Quando se torna inadimplente, o score tende a baixar. Já para aqueles que se mantém em dia e que cumprem seus compromissos financeiros, o score tende a aumentar ao passar do tempo. Quanto mais o score for alto, mais chances aquele cliente tem de adquirir linhas de crédito.

Score e o CPF na nota fiscal

Caso o cliente peça que seu CPF seja incluído na nota fiscal, isso não implica aumento do score, sendo, portanto, um mito. Isso ocorre porque os bureaus de crédito para pontuação não consideram esses dados.

Portanto, ao pedir seu CPF na nota fiscal, você colabora com o governo do seu estado, mas não influencia em nada sua relação com o mercado de crédito.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais