Tudo Bahia
Portal de Notícias

Concurso PRF segue sem autorização; cronograma terá ajustes!

concurso PRF segue sem autorização. De acordo com o diretor da Polícia Rodoviária Federal, José Hott, o edital já estaria pronto para ser lançado com 2 mil vagas, mas precisa ser aprovado. A expectativa era de que o certame fosse autorizado até o dia 31 de outubro de 2020, mas isso não aconteceu.

A corporação tinha um cronograma prévio para as próximas etapas e, por isso, esperava receber a autorização até outubro de 2020. O cronograma estabelecia 30 dias entre cada uma das próximas fases: escolha da banca e publicação do edital.

Ainda segundo o diretor da corporação, o edital será divulgado no menor tempo possível.

Concurso PRF segue sem autorização para ser realizado

No dia 15 de outubro de 2020, o presidente Jair Bolsonaro reforçou a realização de dois grandes concursos públicos: um para a PF (Polícia Federal) e outro destinado ao quadro de servidores da PRF (Polícia Rodoviária Federal). O presidente da República estava ao lado do ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, quando realizou o pronunciamento.

No último sábado, 01 de novembro de 2020, o diretor executivo da Polícia Rodoviária Federal, José Hott, afirmou por meio de redes sociais que conversas entre o órgão e o Ministério da Economia trouxe boas perspectivas para a autorização do novo concurso PRF. “Essa semana tivemos uma excelente reunião com Ministério da Economia, seguimos otimistas!”, disse.

A expectativa era de que o edital fosse publicado ainda em 2020, no entanto, sem a autorização o cronograma poderá passar por ajustes.

Detalhes do concurso PRF

O Departamento de Polícia Rodoviária Federal já havia solicitado a abertura de 2.772 vagas efetivas para cargos de níveis médio e superior.

Os interessados em ingressar na carreira de Policial, pelo concurso PRF, precisam ter completado o ensino superior em qualquer área. Também é necessário possuir carteira de habilitação tipo B (CNH B) para dirigir a viatura. A remuneração oferecida para o cargo de Policial Rodoviário Federal começa em R$ 10.357,88, já somada ao auxílio-alimentação de R$ 458,00.

O cargo de Agente Administrativo, por sua vez, pede que os candidatos tenham apenas o ensino médio completo. Esses irão trabalhar em jornadas de 40 horas semanais para receber remuneração inicial de R$ 4.022,77, com auxílio-alimentação incluso.

Déficit na Polícia Rodoviária Federal

Atualmente, de acordo com a PRF, existem 2.597 cargos que estão vagos e ainda há a previsão de que mais 886 policiais irão se aposentar ainda em 2020 e outros 227 pararão de trabalhar em 2021. Sendo assim, há o número de 3.710 cargos a serem preenchidos.

A parte administrativa conta com 153 postos não preenchidos. Espera-se que o ano encerrará com 355 vagas na área.

A soma da parte administrativa com o cargo de Policial Rodoviário Federal aponta o balanço total de cerca de 4,1 mil vagas até o ano de 2021. Sabendo disso, o governo vem procurando formas de preencher os quadros da corporação por meio de um concurso público, que aguarda autorização.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais