Tudo Bahia
Portal de Notícias

Seu CPF pode estar negativo sem você saber; verifique-o no ControlCred

O SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) e Serasa (empresa privada de serviços bancários) são as referências nacionais quando o assunto é a verificação de CPF negativado, ou como é mais comumente dito, com o nome sujo. Contudo, as pessoas precisam estar atentas a outro serviço, como o ControlCred.

Pesquisas feitas pelo Banco Central do Brasil, sobre o endividamento do brasileiro, apontam que cerca de 5 milhões de pessoas estão superendividadas. Segundo esse levantamento, as pessoas com mais de um tipo de crédito são as que têm maior probabilidade de se tornarem superendividados. E dentro desse número de superendividados existem muitas pessoas com o “nome limpo”, elas pagam suas contas com empréstimos e outros meios.

Conhecendo o ControlCred

Com a intenção de reduzir o risco de descumprimento de obrigação financeira e incentivar o consumidor a adquirir melhores hábitos financeiros, o ControlCred foi lançado pela Gestora de Inteligência de Crédito (GIC). A GIC é uma empresa de bases de dados que pertence aos cinco maiores bancos do Brasil.

Então, a ControlCred é um serviço de proteção ao crédito, da mesma forma que o SPC ou Serasa. A diferença é que a primeira trabalha com foco na prevenção da inadimplência (quando não é realizado algum pagamento previsto em contrato até a sua data de vencimento) e recuperação de dívidas.

No caso de um consumidor ter dívida com alguma empresa, esta vai enviar a conta pendente ao ControlCred. Então, o serviço informa o devedor sobre a quantia a ser paga. A principal forma de comunicação utilizada pelo serviço são os meios digitais (e-mails e SMS).

Esses e-mails e mensagens vêm acompanhados de códigos únicos que podem ser validados no portal do ControlCred. Depois de autenticado, o consumidor tem acesso a informações específicas sobre a dívida e um passo a passo de contato com a instituição financeira indicada para regularização das despesas não pagas.

CPF negativado no ControlCred, como conferir

Os interessados em usar o serviço do ControlCred para verificar suspeita de CPF negativado devem acessar o site do serviço e realizar um cadastro. O formulário deverá ser preenchido com os dados pessoais (CPF, nome completo, data de nascimento, e-mail e telefone). Para finalizar a criação da conta, o consumidor deve concordar com os termos de uso e política de privacidade do CrontrolCred.

O sistema vai gerar uma senha provisória para o e-mail registrado. Depois disso, será possível realizar o login com esta senha junto com o número de CPF. Nessa etapa é necessário redefinir a senha. Para isso, basta inserir a senha provisória e criar uma nova com seis dígitos numéricos.

Finalmente, com o login (CPF) e senha definitivos, o consumidor terá acesso ao sistema para a verificar se está com o nome sujo ou não.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais