Tudo Bahia
Portal de Notícias

Black Friday: veja lista de 200 sites não confiáveis para compras

O Procon RJ divulgou nesta segunda-feira, 23 de novembro, uma lista de 200 sites não confiáveis para compras na Black Friday. Segundo o órgão, o isolamento social causado pela pandemia de COVID-19 fez com que mais pessoas passassem a fazer compras online e, consequentemente, mais golpistas passaram para o meio virtual.

O intuito da lista de 200 sites não confiáveis é ajudar os consumidores que estão em dúvidas se devem ou não comprar em determinado site. De acordo com a nota oficial divulgada pelo Procon do Estado do Rio de Janeiro, diversos fatores foram analisados como:

  • Se a empresa entrega os produtos comprados e serviços contratados;
  • Se as reclamações dos consumidores e as notificações do Procon são respondidas pelo site;
  • Se o estabelecimento possui cadastro ativo na Receita Federal;
  • Se a empresa está apta a emitir nota fiscal;
  • Se o site disponibiliza informações de contato e dados da empresa;
  • Como é a relação do site com os clientes que efetuam reclamações.

Advertências

Cássio Coelho, presidente do Procon no Rio de Janeiro, alertou os consumidores: “Não passe cópia de documentos por e-mail e por aplicativo de mensagens para compras na internet, mesmo que a empresa use o pretexto que é necessário para emitir a nota fiscal, atualizar cadastro, fornecer descontos, confirmar endereço de remessa. Pois essa é a forma mais comum utilizada para burlar a verificação em duas etapas, que é uma segurança maior para o usuário”.

Além disso, o presidente alertou para outros detalhes: “Nunca informe código gerado por empresas que anunciam e vendem por telefone ou WhatsApp, nem os recebidos por SMS, pois estas são formas de clonar os dados do consumidor. Ao efetuar as compras, prefira o pagamento por cartão de crédito e atenção com sites que só aceitam boleto bancário, pois se houver algum problema com a compra, o consumidor terá mais dificuldade de ressarcimento junto ao banco”, alertou.

Lista de 200 sites não confiáveis

A lista de 200 sites não confiáveis foi disponibilizada em arquivo pelo Procon do Estado do Rio de Janeiro. Além da lista, o órgão elaborou uma cartilha, no fim de outubro, com diversos pontos que devem ser levados em consideração antes de comprar em um site online.

Entre as dicas dadas pelo Procon RJ para os consumidores estão a de eles efetuem compras apenas em sites que tenham endereço físico no Brasil. Pois, caso ocorra algum problema relacionado às compras em sites de outros países, será mais difícil para o consumidor conseguir resolver através do Código de Defesa do Consumidor.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais