Tudo Bahia
Portal de Notícias

Ministro Onyx Lorenzoni anuncia ‘Novo Bolsa Família’ com valor maior

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, anunciou na última sexta-feira (11/12) que irá divulgar, na terceira semana de dezembro, o novo Bolsa Família, com a reformulação do programa que foi criado em 2004.

O anúncio foi feito durante a entrega de 15 furgões para o Programa de Aquisição de Alimentos, na Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), no bairro de Casa Forte, na Zona Norte do Recife.

Sem adiantar maiores detalhes sobre a reformulação, Onyx Lorenzoni classificou como “revolucionário” o programa e disse que haverá aumento no valor do tíquete médio repassado aos atendidos e também do número de famílias beneficiadas.

Inicialmente, o governo federal tentava o lançamento de um novo programa social, o Renda Cidadã, mas foi vetado após divergências quanto à fonte de financiamento.

Como será o novo Bolsa Família?

Em resumo, o novo programa deve representar uma reformulação no projeto de distribuição de renda criado em 2004 pelo governo federal.

O ministro informou que pretende divulgar os detalhes do projeto até a terceira semana de dezembro, assim que conseguir autorização do presidente Jair Bolsonaro. Dessa forma, no novo formato, o Bolsa Família “vai trabalhar com a emancipação através do emprego, além de trazer questões de mérito”, disse o ministro.

Além disse, ele afirmou que “o programa está pronto, é um programa completamente diferente do que ele foi pensado originalmente, muito mais efetivo e que vai trabalhar com a promoção das famílias. Vai trabalhar com a emancipação através do emprego, além de trazer questões de mérito importantes para o programa”.

Sobre o novo programa

No dia 16 de novembro de 2020, o ministro da Cidadania havia anunciado que o projeto já contava com orçamento próprio.

“O programa já está pronto, foi todo trabalhado, já foi apresentado ao presidente (Jair Bolsonaro), só falta o ok, e isso não tem a ver com a grana, até porque temos previsto para o ano que vem 34,8 bilhões de reais”, disse Lorenzoni durante coletiva de imprensa.

A expectativa inicial é de que o novo Bolsa Família deverá alcançar aproximadamente 20 milhões de brasileiros com baixa renda. Veja os novos benefícios que poderão ser incluídos em 2021:

  • Auxílio-creche mensal de R$ 52 por criança;
  • Prêmio anual de R$ 200 para os melhores estudantes;
  • Bolsa mensal de R$ 100, além de prêmio anual de R$ 1.000 para alunos com bom desempenho na área de ciência e tecnologia;
  • Bolsa mensal de R$ 100, além de prêmio anual de R$ 1.000 para alunos que se destacarem em atividades esportivas;
  • Auxílio-creche de R$ 200 mensais para as mães inscritas no Bolsa Família.
LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais