Tudo Bahia
Portal de Notícias

PicPay compra o Guiabolso, fintech de finanças pessoais; saiba detalhes

De um lado, um marketplace poderoso com presença de mercado muito forte e, do outro, uma fintech de finanças pessoais de muito sucesso. Ambas, agora, se juntam e agregam valor de mercado significativo. O PicPay, que é controlado pela J&F, dono da JBS, anunciou a compra do Guiabolso, que atua no sistema open banking.

O anúncio foi feito nesta sexta-feira, 23/07, pela empresa capixaba PicPay, que passa a controlar 100% do Guiabolso. A plataforma adquirida, pioneira no sistema open banking no Brasil, tem seis milhões de usuários e cerca de R$ um bilhão em crédito, concedido através de parcerias na respectiva plataforma.

Compra do Guiabolso

O mercado não foi informado sobre valores da compra do Guiabolso, mas sabe-se, a priori, que toda a negociação envolveu dinheiro e ações. Em nota, o CEO do PicPay, José Antonio Batista, informou que a empresa busca investir no mercado open banking e se tornar a maior autoridade no mercado e, automaticamente, acelerar a operação de marketplace financeiro da PicPay.

O Guiabolso possui, igualmente, um marketplace financeiro e agrega mais de dez parceiros, além da força de alguns nomes do mercado, como Creditas, BV, Digio, Icatu e Órama. A compra do Guiabolso vai fundir as duas empresas e, com isso, poderá chegar ao mercado de distribuição de cartões, empréstimos, seguros e investimentos com muito mais força.

Sobre o Guiabolso

A startup surgiu em 2012 com os dois amigos e sócios, Benjamin Gleason e Thiago Alvarez. Eles tinham como objetivo conceitual proporcionar às pessoas uma maneira de lidar melhor com dinheiro. Dessa maneira, seus clientes conseguiriam realizar os controles para ganhar mais, gastar menos e guardar um pouco.

Um dado interessante sobre o Guiabolso é que, inicialmente, seu crescimento foi muito tímido, haja vista que ele foi lançado apenas na versão desktop, ou seja, apenas para computadores. Após ganhar versão mobile para Android e iOS, é que passou a decolar.

A partir de 2015, a empresa cresceu bastante e passou a ter cada vez mais visibilidade no mercado e investindo cada vez mais.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais