Tudo Bahia
Portal de Notícias

Pagamento do auxílio emergencial: Dataprev libera consulta de julho

Última chance para ter acesso ao pagamento do auxílio emergencial. O governo federal liberou mais três parcelas do benefício referentes aos meses de agosto, setembro e outubro. Se você não foi contemplado pelas quatro parcelas iniciais de 2021, bem como as outras três de prorrogação, você terá até o dia 24 de julho para contestar a decisão.

A solicitação de revisão está disponível na internet, podendo ser feita apenas por um grupo específico de beneficiários. Poderá solicitar a revisão aqueles beneficiários que tiveram o pedido negado ao longo dos últimos meses, porém foram contemplados em 2020.

Pagamento do auxílio emergencial: como contestar?

Pela página da Dataprev, é possível consultar o saldo das parcelas, datas de recebimento e motivos que ocasionaram a negativa do auxílio emergencial. A contestação também pode ser feita pelo mesmo site.

Dessa forma, caso o benefício apareça como inelegível e você tenha direito de reivindicar a reanálise, a opção “solicitar contestação” estará disponível na mesma página de consulta, no site Dataprev.

Os pedidos para contestação do auxílio negado somente serão concedidos determinadas situações, como por exemplo, os dados que podem ser atualizados para cumprir as exigências da medida provisória de nº 1.039.

Os pagamentos do auxílio emergencial foram retomados pelo governo brasileiro em abril de 2021, inicialmente com quatro parcelas que foram prorrogadas para sete. Em 2021, 45,6 milhões de pessoas puderam contar com o benefício, 22,6 milhões a menos do que no primeiro lote do auxílio emergencial liberado no valor de R$ 600.

Como consultar o saldo das parcelas

O site da Dataprev fornece condições para que os beneficiários do auxílio emergencial, por meio do número de seus CPFs, possam consultar o saldo de suas parcelas. Para efetuar o procedimento, basta seguir alguns passos básicos, confira:

  • Acesse a página da Dataprev para fazer a consulta das parcelas;
  • Insira os dados exigidos, como CPF, nome completo do beneficiário, data de nascimento e nome da mãe;
  • Feito isso, espere a página carregar. Nela, será possível consultar o saldo do auxílio emergencial 2021.

Vale destacar que a consulta do auxílio emergencial 2021, bem como extrato de movimentações, também pode ser feita diretamente pelo aplicativo Caixa Tem (Android e iOS).

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais