Tudo Bahia
Portal de Notícias

Novo Bolsa Família não descumprirá teto de gastos, afirma Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou na última sexta-feira (30/07), durante evento no Rio de Janeiro, que o governo não descumprirá a regra do teto de gastos por causa do novo Bolsa Família.

Bolsonaro anunciou na semana passada que o valor médio do novo Bolsa Família será reajustado para acima de 300 reais, dos atuais 192 pagos atualmente.

Novo Bolsa Família não deve exceder teto de gastos

O ministro destacou que a equipe tem analisado de forma minuciosa os impactos do novo benefício que deve ter um valor maior e vai abranger mais beneficiários. “Os senhores podem ter certeza que não furaríamos o teto por causa do Bolsa Família, não é nada disso, isso tudo está sendo programado com muita responsabilidade”, disse.

A folga no teto deve-se em razão da diminuição em cerca de R$ 5 bilhões a estimativa de despesas obrigatórias para 2022. Entre esses gastos, estão aposentadorias, gastos com o funcionalismo, abono salarial e seguro desemprego, entre outras.

Assim, o orçamento de 2022 prevê um espaço dentro da peça na faixa de R$ 25 bilhões a R$ 30 bilhões, que poderiam ser destinados ao novo programa.

Bolsa Família pode se tornar Auxílio Brasil

A reformulação do programa Bolsa Família não deve ficar apenas na quantidade de beneficiários e no valor do auxílio. O presidente Jair Bolsonaro foi aconselhado a aproveitar a reformulação para alterar também o nome do programa, que pode se chamar Auxílio Brasil.

O objetivo principal seria uma estratégia política de desvencilhar o programa social do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que deverá ser seu adversário no pleito de 2022. O novo nome seria uma forma de aproveitar a fama do auxílio emergencial como marca do governo Bolsonaro.

Em conversa com a CNN Brasil, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que os recursos destinados ao aumento do benefício social já estão previstos nas previsões orçamentárias para 2022. “Os recursos destinados ao aumento do Bolsa Família dentro do teto de gastos e da lei de responsabilidade fiscal já estão nas previsões do ano que vem”, afirmou.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais